Geral

Baleias francas: monitoramento por terra é realizado

Baleias francas monitoramento por terra é realizado

Foto: Projeto Baleia Franca

Com o início da temporada de baleias francas na região, começou também o monitoramento das praias da APA da Baleia Franca. O trabalho, a princípio, é feito por terra. O intuito é registrar as ocorrências da espécie.

As primeiras baleias foram avistadas na segunda-feira em Garopaba e Imbituba. Quarta, foi avistada uma baleia no Farol de Santa Marta, em Laguna, e ontem em Itapirubá. Este último avistamento era de uma baleia adulta se deslocando para o norte, em direção à Praia da Vila.

De acordo com a diretora de pesquisa do Projeto Baleia Franca, a bióloga Karina Groch, a equipe de monitoramento iniciou os trabalhos por terra na terça-feira. “Percorremos as praias de Imbituba e, quarta, as de Laguna. Recebemos a informação de avistagem de baleia no Farol de Santa Marta. Ela estava em deslocamento, um pouco afastada da costa. Nossa equipe esteve no local, mas não avistou nenhuma”, conta.

Ontem, o grupo esteve durante todo o dia em Garopaba e Paulo Lopes. “Ao mesmo tempo em que monitoramos as praias, damos continuidade ao treinamento de campo dos voluntários que auxiliarão as atividades na temporada. Estaremos, a partir de agora, em campo sistematicamente e seguiremos monitorando a região à procura das baleias”, revela Karina.

Segundo a bióloga, é comum as baleias ficarem em deslocamento pelas praias à procura do melhor local para nascimento dos filhotes. “Este comportamento é característico de início de temporada, com a chegada das baleias, que podem ser fêmeas grávidas. Nestes casos, os filhotes nascem após um ano de gestação. Então, as baleias que irão parir este ano engravidaram no inverno passado. Após o nascimento, permanecem na região de dois a três meses para criar e amamentar os filhotes”, explica. Já as baleias adultas em circulação pelas praias procuram pares para acasalamento.

Com informações do Jornal Diário do Sul

Notícias Relacionadas

Big Wave tem ondas de até cinco metros no Farol de Santa Marta

Estado garante que obras serão retomadas hoje no Farol de Santa Marta, em Laguna

Laguna é destino favorito de permanência dos turistas

Resultados da recuperação das áreas degradadas pelo carvão são apresentados à comunidade

Documento apresentado anualmente ao Ministério Público Federal - MPF, à Justiça Federal e à sociedade foi discutido no Auditório da Satc.