Esporte

Esportes radicais estão em ascensão na região

Diversas manobras podem ser feitas e atingem grandes velocidades.

Foto: Divulgação/Notisul

Foto: Divulgação/Notisul

Para os apaixonados por esportes radicais, uma modalidade esportiva pouco conhecida, o kitelandboart, um skate tracionado por uma pipa começa a ser tornar mais popular. O esporte pode ser praticado em todos os tipos de terreno, campos ou praia. Diversas manobras podem ser feitas e atingem grandes velocidades. Regiões litorâneas, como a de Santa Catarina, são boas para a prática.

Os iniciantes devem procurar instrutores qualificados para evitar problemas futuros com acidentes. Os primeiros contatos com o esporte devem ser com segurança e que seja um local com pouco fluxo de pessoas.

Conforme reportagem do jornal Notisul, o kitesurf também entra nessa modalidade de esportes radicais, que é o deslizamento sobre a água com uma pranchinha puxada pela pipa que age impulsionada pelo vento. A prática do kitesurf é bastante comum no nordeste do Brasil e nas Ilhas Paulistas. Por ser um esporte considerado perigoso para o praticante e demais pessoas e é importante que seja mantida uma distância de mais de 100 metros dos banhistas.

Pode ser praticado em mar, lagos, represas com ventos fortes ou fracos, uma vez que a aerodinâmica da prancha tende a facilitar o voo nas mais diferenciadas condições do vento. Em Florianópolis, o kitesurf é muito praticado nas praias Mole, Joaquina, Barra da Lagoa, Ponta das Canas, Jurerê, Forte, Daniella e Campeche.

Notícias Relacionadas

Ano letivo inicia com procura intensa pelo Ensino Médio e Técnico em conjunto, na SATC de Orleans

Pais de toda a região buscam na instituição, o diferencial na formação educacional de seus filhos.

Jovem de 23 anos é preso por tráfico de drogas em São Ludgero

Em ação conjunta da Polícia Civil e Militar, foram encontrados ainda 85 comprimidos de ecstasy

Caminhoneiro embriagado colide contra dois carros e foge da polícia em Orleans

Motorista seguiu dirigindo ainda por aproximadamente 3 km, até acatar a ordem de parada da Polícia Militar.

Motorista é flagrado dirigindo embriagado na SC-370, em Braço do Norte

Polícia ordenou parada, mas motorista desrespeitou.