Segurança Pública

Eu ainda acredito em nossa pátria

Ulisses Gabriel, delegado de Polícia e presidente da Associação dos Delegados – Adepol/SC

Não raras vezes nossas casas são “invadidas” por matérias jornalísticas, principalmente por noticiais de redes televisivas internacionais que dão conta da “guerra civil” desencadeada no Rio de Janeiro entre o Estado e o tráfico de drogas, cada vez mais ávido por lucros e mais organizado, o que traz mais drogas e armas para as ruas.

Também na imprensa internacional ouvimos falar do turismo sexual, cada vez mais difundido, principalmente a situação envolvendo europeus que visitam o Brasil, à procura de mulheres (jovens e, pasmem, até adolescentes e crianças).

Temos, ainda, o carnaval, com mulheres seminuas ou muitas vezes nuas, “inundando” os televisores brasileiros e estrangeiros, demonstrando um suposto excesso de libido brasileiro e supostamente inerente aos países tropicais. Esses fatos, muitas vezes, são os cartões de visita do Brasil do exterior, em que pese o “esforço” do governo brasileiro em demonstrar as belezas naturais do nosso País.

Mas será que só temos isso para mostrar? Será que somos apenas um País “abençoado por Deus e bonito por natureza, mas que beleza”, onde em “em fevereiro, em fevereiro; tem carnaval, tem carnaval…”, como canta Jorge Ben Jor? Acredito que não, pois o Brasil tem muito mais que isso.

No exterior, muitos não sabem que o Brasil tem a urna eletrônica, sistema eletrônico de votação que permite que mais de cem milhões de pessoas votem e, em aproximadamente três horas podemos ter o resultado do pleito eleitoral.

Mas não é só isso que o Brasil tem de relevante, pois em todos os anos milhões de declarações de imposto de renda são apresentadas virtualmente para a Receita Federal. Nem nos Estados Unidos isso é feito.

E mais, o Brasil é pioneiro em biotecnologia foi um dos três primeiros países do mundo que já decodificou o genoma humano, sem contar que médicos de todo o mundo vêm para o Brasil estudar intervenções médicas em feridos por armas de fogo e que o Exército de Israel recebe treinamento no Brasil. Por isso que eu acredito no Brasil. Mas para que as coisas tomem um novo rumo, precisamos acreditar nele, unidos, sempre lutando a contra todos os males que atingem nossa sociedade.

Notícias Relacionadas

Novos nomes do PSD se reúnem para discutir ações para as eleições deste ano

Inspirações para o ano novo

Delegado Ulisses Gabriel é oficialmente pré-candidato a deputado estadual

A baixa qualidade da educação brasileira

A professora e colunista Ana Maria Dalsasso questiona os pais sobre a qualidade da educação nas escolas públicas do país. E você, está satisfeito?