Segurança

Jovem é acusado de matar melhor amigo, em Criciúma

Giroflex PM foto noturna

Foto: Daniel Búrigo / Arquivo 

As investigações acerca do homicídio de um jovem de 18 anos, registrado em 7 de fevereiro de 2015, no bairro Cristo Redentor, em Criciúma, foram encerradas.

A Divisão de Investigação Criminal – DIC apurou que o principal suspeito pelo crime era o melhor amigo da vítima, um adolescente, com 16 anos na época, em virtude da disputa pelo tráfico de drogas.

O menor já havia sido apreendido em flagrante em 3 de março de 2015, após um assalto contra uma loja de autopeças, em posse de um revólver calibre 32, mesma arma utilizada para mata o melhor amigo neste ano.

Com a apreensão do revólver, uma perícia de comparação balística foi realizada pelo Instituto Geral de Perícias – IGP. Com o trabalho concluído, após dois anos do crime, a Polícia Civil pode confirmar que, de fato, o projétil partiu da arma do adolescente.

Durante os 30 meses que se passaram, o rapaz passou alguns meses internado no Centro de Atendimento Socioeducativo Provisório – Casep, em Itajaí, esteve na Casa de Semiliberdade de Blumenau, de onde fugiu. Ele completou a maioridade e permaneceu preso por três meses no Presídio Santa Augusta, por envolvimento em roubos, e está em liberdade provisória desde o fim de junho.

Com informações do Portal DN Sul

Notícias Relacionadas

Réu é condenado ao difamar delegado na internet

Oficina clandestina de desmanche de veículos é desarticulada pela Polícia Civil, em Criciúma

Mulher encontrada morta em Balneário Arroio do Silva é identificada

Seis são presos acusados de participação em latrocínio em Treze de Maio