Política

Nove candidatos a prefeito pela Amrec e Amurel são barrados

Dos nove impugnados, cinco deles já recorreram ao TRE

Entre os 30 candidatos a prefeito nas regiões da Amrec e Amurel, nove tiveram suas candidaturas indeferidas pela Justiça Eleitoral. O saldo é o resultado dos julgamentos feitos pelos juízes eleitorais na primeira instância.

Os seis impugnados na Amurel são: Valdir Dacorégio (PMDB), de Grão-Pará, que já entrou com recurso no Tribunal Regional Eleitoral, assim como Tono Laureano (DEM), de Laguna. Bertilo Heidemann (PMDB), de Santa Rosa de Lima, deverá ser substituído, pois o prazo para que entrasse com recurso expirou sem que o mesmo fosse solicitado. Ainda aguardam o prazo Tanara Cidade (PT), de Laguna, Maristela Goulart (PHS), de Pescaria Brava e Gerson Nunes Pereira (PT), de Garopaba.

Já na Amrec, foram barrados: o candidato à reeleição a prefeitura de Criciúma Clésio Salvaro (PSDB), o candidato ao pleito municipal do Balneário Rincão Décio Góes (PT), e José Claudio Gonçalves, o Neguinho (PSD), candidato a prefeitura de Forquilhinha. Os advogados dos três candidatos vão recorrer da decisão.

O fato do registro destes candidatos ter sido impugnado, não significa que eles não poderão participar da eleição. Assim que a sentença da comarca sai, eles podem contestar o resultado junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Somente após a decisão do TRE é que eles podem ser considerados, de fato, inaptos para concorrer.

Os indeferidos tem até o dia 23 de agosto para protocolar novo recurso ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Notícias Relacionadas

Ano letivo inicia com procura intensa pelo Ensino Médio e Técnico em conjunto, na SATC de Orleans

Pais de toda a região buscam na instituição, o diferencial na formação educacional de seus filhos.

Jovem de 23 anos é preso por tráfico de drogas em São Ludgero

Em ação conjunta da Polícia Civil e Militar, foram encontrados ainda 85 comprimidos de ecstasy

Caminhoneiro embriagado colide contra dois carros e foge da polícia em Orleans

Motorista seguiu dirigindo ainda por aproximadamente 3 km, até acatar a ordem de parada da Polícia Militar.

Motorista é flagrado dirigindo embriagado na SC-370, em Braço do Norte

Polícia ordenou parada, mas motorista desrespeitou.