Oeste

Oeste de Santa Catarina sofre com a falta de combustível em razão dos bloqueios nas rodovias

Em São Miguel do Oeste, não há gasolina desde sábado. Em Concórdia, terminou nesta quarta e estoques acabaram também em 43 postos de Chapecó

Foto: mundodastribos.com / Ilustração

Foto: mundodastribos.com / Ilustração

O protesto dos caminhoneiros está agravando a falta de combustíveis emChapecó, São Miguel do Oeste e Concórdia. E também há risco de atingir outras regiões do Estado se a paralisação persistir, segundo o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo de Santa Catarina ( Sindipetro/SC). Em alguns postos, não há combustível desde sábado. Em Concórdia terminou nesta quarta e não há gasolina nos 43 postos de Chapecó.

Conforme o Diário Catarinense, o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo de Chapecó (Sindispostos), Sérgio Galli, afirmou que não há previsão de reabastecimento no Oeste:

"Houve um exagero, uma pessoa encheu o tanque e ainda outro galão com 50 litros. O consumo em dois dias foi equivalente a cinco dias no município", disse. 

O presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo de Blumenau (Sinpeb), Júlio Zimmermann diz que o Vale do Itajaí demonstra preocupação: 
"Terça-feira chegou a faltar porque os motoristas foram aos postos por garantia, então o estoque de alguns estabelecimentos foi consumido, mas hoje (quarta-feira) houve reposição. Se a greve continuar, temos combustível para mais cinco ou seis dias", explicou.

Desde quarta-feira, Joinville também registra falta de combustível. 

"Há risco de afetar todo o Estado"

Entrevista com Robson de Souza, presidente do Sindipetro/SC

Como está o abastecimento no Estado?
O cenário muda a toda hora, há notícias de bloqueios em Araucária-PR, no Porto de Itapoá, em Sombrio a situação está complicada mas o pior mesmo é no Oeste de Santa Catarina, onde dezenas de postos já estão sem combustível. No Norte a situação está tranquila. 

A falta de combustível está restrita ao Oeste?
No momento, sim. 

Há risco de desabastecimento no restante do Estado?
Há risco sim. Se persistirem até a semana que vem bloqueios como o de Araucária, por onde vem parte do combustível que chega em Santa Catarina, outras regiões serão afetadas. 

Os consumidores devem encher o tanque?
Não é o momento. Se a paralisação passar do final de semana aí pode pensar nisso. Mas ainda há um pavor da população. Sei de gente que está estocando até comida.

Notícias Relacionadas

Ano letivo inicia com procura intensa pelo Ensino Médio e Técnico em conjunto, na SATC de Orleans

Pais de toda a região buscam na instituição, o diferencial na formação educacional de seus filhos.

Jovem de 23 anos é preso por tráfico de drogas em São Ludgero

Em ação conjunta da Polícia Civil e Militar, foram encontrados ainda 85 comprimidos de ecstasy

Caminhoneiro embriagado colide contra dois carros e foge da polícia em Orleans

Motorista seguiu dirigindo ainda por aproximadamente 3 km, até acatar a ordem de parada da Polícia Militar.

Motorista é flagrado dirigindo embriagado na SC-370, em Braço do Norte

Polícia ordenou parada, mas motorista desrespeitou.