Segurança

PF faz maior apreensão de maconha da história de SC em carreta com destino a Lauro Müller

Estima-se que essa droga renderia mais de R$ 5 milhões ao ser comercializada.

Foto: Divulgação

Atualizada às 11h45min – A maior apreensão de maconha de Santa Catarina tinha como destino a cidade de Lauro Müller. Cerca de 5 toneladas da droga foram apreendidas na madrugada desta quinta-feira (18), na BR-101, em Garuva. O entorpecente foi encontrado em meio a uma carga de milho em uma carreta bi-trem graneleira com destino ao Sul do Estado. A operação foi realizada pela Polícia Civil, através da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc), com apoio da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Receita Federal. A droga foi apresentada na manhã desta sexta-feira (19), em uma coletiva de imprensa em Florianópolis. Estima-se que essa droga renderia mais de R$ 5 milhões ao ser comercializada.

Em entrevista ao Portal Sul In Foco, o delegado do Denarc, Pedro Henrique Mendes, relata que a apreensão partiu de uma denúncia. “Fomos para a estrada e tentamos identificar o caminhão. Abordamos três e dois deles tinham como destino a cidade de Lauro Müller. Em um deles a droga foi encontrada”, relata. O caminhão apreendido era um Scania com placas de Palhoça.

Ainda conforme as investigações, somente a carga de milho viria para Lauro Müller. “Acreditamos que a droga seria descarregada na grande Florianópolis e depois o caminhoneiro seguiria com a carga de grão para o seu destino final”, comenta o delegado.

Já o motorista de 35 anos, natural de São Bonifácio, afirmou aos policiais que desconhecia o transporte da maconha. “Ele disse que não presenciou o carregamento em Mato Grosso do Sul e que alguém colocou a droga junto aos grãos. Para nós essa versão não é verdadeira porque o mesmo apresentou bastante nervosismo no momento da apreensão”, enfatiza Mendes.

Droga foi até Lauro Müller

A carreta seguiu viagem até o Sul do Estado escoltada por policiais. O procedimento visava preservar a carga de milho e facilitar a retirada da droga. “O milho seguiu viagem até a empresa. Resolvemos descarregar os grãos na cidade de destino e retornar com a droga para Florianópolis, até a sede da Deic onde se encontra neste momento”, afirma o delegado.

A investigação continua

Segundo Mendes, o proprietário da empresa localizada no Quilômetro Cento e Sete em Lauro Müller e a o responsável da transportadora de Palhoça serão ouvidos. ” Acreditamos que nenhum dos dois está envolvido com este crime. Era mais uma forma do caminhoneiro realizar o transporte da carga e ganhar dinheiro”, finaliza o delegado.

  • d7d98fb1-22fc-4b68-b790-786d543a63a4
  • 578512df-12ec-4dd5-a061-cf5e63011af2
  • 4916f4d4-f8e2-455f-a4b6-7b9f2b04cd63
  • e0ae3f94-f541-4701-b6b2-c16bf42e3eb9
  • b17f3d6b-3ca6-4c7d-940a-58dd887a084d (1)
  • 598bf549-4e2e-4fd8-b09b-8e180817c5a0 (1)
  • 9642d24b-5f67-47d9-9568-195d54f32fdd
  • e34de14f-b5a2-4095-8347-c57b39a29fb8

Notícias Relacionadas

Operação resulta em apreensão de drogas e três prisões, em Imbituba

Polícia apreende 1,5 tonelada de maconha em Penha, SC

Quatros suspeitos de guardar a droga em depósito foram presos; cinco carros e uma pistola 9mm também foram apreendidos.

Drogas, armas e munições são apreendidas durante operação policial em Laguna

Segunda maior apreensão de maconha do Estado é realizada em carga de milho com destino a Imbituba

Droga seria deixada em Florianópolis. No mês passado, um caminhão com carga semelhante de grãos com destino a Lauro Müller, transportava volume maior.