Saúde

Agentes Comunitários de Saúde vão retomar visitas à residências em Lauro Müller

A Secretaria de Saúde de Lauro Müller pede a todas as pessoas que recebam os agentes, respeitando as recomendações de segurança quanto ao coronavírus.

Divulgação/Prefeitura de Lauro Müller

Os Agentes Comunitários de Saúde vão retomar, nesta semana, a visitação aos moradores de Lauro Müller, seguindo as recomendações do Ministério da Saúde. O trabalho vai acompanhar a comunidade para atendimentos de rotina, orientações, busca ativa e avaliação em tempo da pandemia de Covid-19.

Todas as agentes serão testadas para coronavírus, no decorrer dos dias, para que haja segurança ao profissional e aos moradores. Cada agente receberá EPIs (máscaras e álcool 70%), respeitando as normas de distanciamento e realizar as visitas no ambiente externo do domicílio (área, garagem, quintal, calçada, muro, etc). Nenhuma visita será feita no interior das residências, mantendo a recomendação do ministério.

A Secretaria de Saúde de Lauro Müller pede a todas as pessoas que recebam os agentes, respeitando as recomendações de segurança quanto ao coronavírus.

Notícias Relacionadas

Secretaria de Saúde de Criciúma reforça chamado de gestantes, puérperas e crianças para vacinação contra influenza

Agentes Comunitários de Saúde visitarão as residências para monitoramento e intensificação de informações por causa da baixa adesão à campanha nacional

Justiça confirma resultado de licitação que gerou economia de R$ 12 milhões pela Saúde do Estado

A licitação foi realizada pela Secretaria da Saúde para fornecimento de ventilação domiciliar e tratamento de oxigenoterapia a pacientes catarinenses.

Voos de drones, para captar informações geográficas de Lauro Müller, começam na próxima semana

Trabalho de coleta de informações é parte do Projeto de Gestão Territorial desenvolvido pela Unesc para o município.

Tribunal de Justiça autoriza prefeitura a retomar obras da passarela em frente à Unisul, em Tubarão

Iniciada em fevereiro, a construção da passarela precisou ser interrompida por alguns dias ainda no primeiro semestre por conta da ação judicial de uma empresa inabilitada no processo de licitação.