Geral

2ª Vara Criminal é a primeira Unidade 100% Digital de Araranguá

Desde o final do mês de outubro todos os processos tramitam em meio digital

Foto: Divulgação

A 2ª Vara Criminal da comarca de Araranguá obteve no início deste mês o certificado de Unidade 100% Digital, emitido pela Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de Santa Catarina, sendo a primeira da comarca a alcançar tal feito. A partir do final do mês de outubro, todos os processos que dão entrada na Vara são digitais e todos os que já estavam em andamento estão digitalizados. Desde o início do trâmite de processos digitais, em 2014, os servidores da unidade aderiram à digitalização voluntária. A atividade foi realizada sem necessidade de suspensão de prazos processuais, paralelamente às atividades diárias.

O Chefe de Cartório, Gabriel Pizzetti Avila, elogiou o comprometimento de toda a equipe, que teve a aprovação e o consentimento da Juíza de Direito titular da unidade, Thania Mara Luz, a qual ofereceu todas as ferramentas disponíveis para que toda a digitalização do acervo fosse concluída. A 2ª Vara Criminal da comarca de Araranguá conta hoje com acervo de aproximadamente 5 mil processos e tem como competência privativa processar e julgar processos do juizado especial criminal, execuções penais e processos criminais em geral, além de exercer funções concernentes à Corregedoria do Presídio Regional de Araranguá/SC. ​​

Colaboração: Comunicação Comarca de Araranguá 

Notícias Relacionadas

FibraMaxx inicia ativações da internet fibra óptica na área rural de Orleans

Acesso turbo à Netflix, YouTube, Instagram e entre outras redes sociais, acesso à FibraMaxx TV e ao serviço adicional de telefonia são algumas das vantagens oferecidas pela empresa.

Celso de Mello tira de pauta recurso sobre depoimento de Bolsonaro

Inclusão do processo na pauta fica a cargo do presidente do Supremo

Receita paga hoje restituições do quinto lote do Imposto de Renda

Valor total dos créditos bancários é de R$ 4,3 bilhões

Câmara aprova MP que destina R$ 4,489 bilhões para combate à covid-19

Texto ainda precisa ser aprovado pelo Senado