Geral

7ª Conferência Municipal de Saúde projeta metas para Nova Veneza

Evento aconteceu nesta quarta-feira, no Teatro Municipal.

Foto: Divulgação

Aproximadamente 130 pessoas participaram da 7° edição da Conferência Municipal da Saúde de Nova Veneza, que aconteceu na tarde desta quarta-feira (10), no Teatro Municipal, anexo ao Palazzo Delle Acque. O evento foi promovido pelo Governo Municipal, através da Secretaria Municipal de Saúde.

Com o tema “Democracia e Saúde” e os eixos: saúde como direito, reafirmação dos princípios do SUS e financiamento do SUS”, a conferência contou com a palestra do professor Diego Anselmi Pires, mestre em Saúde Coletiva pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

“Esse é um dos principais espaços para o exercício da cidadania. É um momento que a população tem para expressar suas demandas, necessidades e também as potencialidades. Para depois propormos diretrizes, linhas, objetivos para a saúde do município”, resumiu o palestrante.

Para a secretaria municipal e coordenadora da conferência, Maristela Vitali Cunico é de extrema importância contar com a participação da população para discutir os encaminhamentos da saúde. “Precisamos lutar junto com a população para garantir a qualidade e as melhorias no processo SUS”.

“Através das ações, das propostas que surgiram aqui hoje, podem sair leis estaduais, federais, que salvarão a vida de muitas pessoas e pode mudar o dia a dia do cidadão que utiliza o SUS”, concluiu Fernando de Faveri, gerente regional de saúde.

Colaboração: Comunicação Prefeitura de Nova Veneza 

Notícias Relacionadas

Projeto de futuro loteamento pode render até R$ 35 milhões ao josefinos em Orleans

Decreto de utilidade pública expedido pela prefeitura pretende impedir possível especulação imobiliária de área estratégica. A intenção é adquirir o local para investimentos em educação, cultura, esporte e lazer

Vereadores defendem implantação de programa que troca lixo reciclável por comida em Cocal do Sul

Vereadores Richardson Vieira (PDT) e Giovana Galato Santa Rosa (PP) apresentaram proposta em sessão legislativa. Cidadão receberia R$ 0,50 em alimentos por quilo de material entregue.

Renascer Clínica de Nutrição e Estética: o lugar ideal para quem busca saúde e beleza, em Lauro Müller

Equipamento inédito que identifica dor e produzido com apoio do Governo de SC é apresentado em Brasília

Através de um software e tecnologia avançada, o ReitzScan identifica, avalia e quantifica a dor em três estágios: suave, moderada ou severa.