Trânsito

Acusado de matar duas ciclistas em SC é solto e perde direito de dirigir

Motorista de 23 anos ficou foragido por três meses e estava preso na Bahia desde janeiro

Divulgação

O motorista de 23 anos acusado de atropelar e matar duas ciclistas em Joinville foi solto, mas perdeu o direito de dirigir. A decisão é do Superior Tribunal de Justiça, que concedeu o habeas corpus na última sexta-feira (13). Ele estava preso desde janeiro deste ano, quando foi encontrado na Bahia após ficar foragido por três meses.

O STF permitiu a soltura sob a condição de que o jovem cumpra algumas medidas cautelares até o julgamento definitivo do processo. Portanto, além de não poder dirigir, ele precisará se apresentar a cada dois meses à Justiça – como garantia que não oferecerá riscos para a sociedade – e não poderá mudar-se de casa sem autorização judicial. A exigência é de que ele informe o endereço atual.

O atropelamento que vitimou Lindacir Rodrigues da Silva Morando, de 55 anos, e Thais Dias Gonçalves, de 25, aconteceu em outubro de 2021 e, segundo a Polícia Militar, o motorista estava bêbado no momento do acidente.

​Na época, após atingir as vítimas, o réu, que conduzia um Kia Soul, fugiu sem prestar socorro e abandonou o carro, mas foi encontrado e segurado por testemunhas. Uma viatura da PM que passava por perto fez a prisão em flagrante, mas ele foi solto no dia seguinte, após pagar fiança.​

O mandado de prisão, expedido no dia 27 de outubro de 2021, foi cumprido no município de Jussara, Comarca de Irecê, na Bahia, onde estava foragido.

Relembre o caso

O atropelamento ocorreu por volta das 11 horas do dia 22 de outubro, na avenida Júpiter, no bairro Jardim Paraíso. O motorista perdeu o controle do veículo, invadiu a ciclofaixa e atropelou duas ciclistas. Lindacir morreu ainda no local, já Thais faleceu três dias depois no hospital.

Logo após o acidente, o motorista fugiu do local sem prestar socorro às vítimas, mas foi contido por pessoas que viram o atropelamento. Ele foi abordado pela Polícia Militar e realizou o teste de bafômetro, que comprovou a presença de álcool no organismo.

Os policiais identificaram, ainda, que ele estava desorientado e apresentava dificuldades de permanecer em pé.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

SED se pronuncia sobre esfaqueamento em escola de Criciúma

Secretaria de Estado da Educação informa que está apurando as informações sobre o caso ocorrido na noite de sexta-feira no bairro Mina do Mato

Rua rachada em SC corre risco de desabar e famílias são orientadas a deixar casas, diz prefeitura

Análise de um geólogo atestou que a rua, em São Bento do Sul, possui "alto risco para desmoronamento".

Mais caro que gasolina: óleo diesel é encontrado a mais de R$ 8 em duas cidades de SC

Pesquisa da ANP avaliou valores entre os dias 19 e 25 de junho e mostra cidades de Santa Catarina com óleo diesel a mais de R$ 8

Produtores de Soja recebem prêmio do Grupo Olim

Prêmio Produtividade de Soja Safra 2021/2022 foi entregue nesta quinta-feira (23)