Segurança

Agente de saúde aplica golpes em SC após pedir dados para suposto cadastro

Além de ser presa, ela foi afastada de cargo público pela Justiça

Divulgação

Uma mulher foi presa em Tijucas nesta sexta-feira (6) por suspeita de se valer da sua condição de agente comunitária de saúde para obter informações sigilosas de moradores do município no Litoral e aplicar golpes financeiros. As vítimas foram, principalmente, idosos.

A investigação da Polícia Civil que resultou na prisão dela partiu de uma ocorrência registrada em fevereiro. Na ocasião, ela teria solicitado fotos e informações pessoais na casa de uma vítima para supostamente expedir uma nova carteirinha do Sistema Único de Saúde (SUS) e atualizar um cadastro na Secretaria de Saúde local.

No entanto, a agente teria usado os dados, na verdade, para abrir contas bancárias e fazer empréstimos do tipo consignado em nome da vítima. Após a polícia passar a averiguar o caso, outras quatro pessoas relataram ter sofrido golpe semelhante. Ela teria levado com os golpes ao menos R$ 135 mil.

Além de ter sido presa preventivamente, a agente de saúde foi afastada do cargo público que ocupava até então, também por decisão da Justiça, ao menos enquanto é alvo da investigação policial.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Vereadores aprovam repasse de R$ 10 mil para a APAE de Lauro Müller

A sessão ordinária desta segunda-feira, dia 16, foi realizada sob a presidência do vereador Lindomar Cataneo.

Vereadores de Orleans aprovam gratificação a servidores membros de sindicância administrativa

A sessão ordinária foi realizada sob a presidência do vereador Pedro João Orbem nesta segunda-feira, dia 16.

Rio do Rastro Marathon é marcada por bicampeonatos, recorde e estreias

Atletas de 21 estados brasileiros se desafiaram subindo a Serra de SC em provas de corrida e ciclismo

Homem é preso com 186 kg de maconha na BR-101 em SC

Apreensão foi feita pela PRF e o motorista não soube informar o destino final da droga