Geral

Águas-vivas cultivadas em universidade viram atração em aquário de SC

Os animais vão ficar em espaço cilíndrico entre o habitat dos pinguins e dos tubarões mangona.

Divulgação

As águas-vivas, da espécie Aurelia aurita, cultivadas em cativeiro são as novas atrações de um aquário em Balneário Camboriú, no Litoral Norte catarinense. Os animais vão ficar em espaço cilíndrico entre o habitat dos pinguins e dos tubarões mangona.

A ação envolve um projeto de assessoria técnica do Laboratório de Ecotoxicologia da Universidade do Vale do Itajaí (Letox/Univali) desenvolvido por uma equipe da Escola do Mar, Ciência e Tecnologia da Universidade e do curso de oceanografia ao Oceanic Aquarium.

Segundo o professor Charrid Resgalla Júnior, as medusas começaram a ser cultivadas em setembro de 2020. “Como são invertebrados, a longevidade não é alta, mas estamos em acordo com o aquário para repomos os organismos constantemente”, explica Resgalla.

Inicialmente foram colocados 21 animais no local. As águas-vivas do aquário são brancas, mas o visitante pode contemplar em cores diversificadas a beleza dos animais, por conta das luzes de led em tons de azul, verde e vermelho.

Com informações do G1 SC

Notícias Relacionadas

Policiais civis terão que fazer exames toxicológicos no começo da carreira em SC

Concursados deverão se submeter aos testes durante os três anos do estágio probatório

Casa irregular erguida no Morro da Glória, em Laguna, terá de ser demolida pelo dono

Segundo os autos, o réu já estava ciente da irregularidade da construção desde 2018, quando a obra foi embargada pelo órgão municipal

Catarinenses envolvidos no transporte aéreo de drogas estão na mira da Polícia Federal

14 mandados estão sendo cumpridos em SC nesta quinta-feira (2), sendo quatro deles de prisão preventiva

Covid-19: 90% dos adultos brasileiros já tomaram a 1ª dose da vacina

Ao todo, 159,3 milhões iniciaram o ciclo vacinal contra a doença