Geral

Além das dívidas prefeito se depara com maquinários quebrados e sucateados

Dívida da prefeitura ultrapassa R$ 2,1 milhões

Além da dívida de R$ 2,1 milhões herdada pela atual administração, o estado de conservação dos maquinários e equipamentos, é precário em Cocal do Sul. Na secretaria de Obras, por exemplo, o balanço da situação é sinônimo de dificuldade. Por conta da falta de manutenção, hoje, a equipe do departamento trabalha em passos lentos para atender a demanda.

Segundo o secretário, Élvio Scarpatto a secretaria de obras é o setor mais caótico da Administração. “Desde o primeiro dia de Governo muitos problemas vieram à tona. Um deles foi a coleta do lixo que desde o natal estava parada por conta de dois caminhões quebrados. Encaminhados para o conserto, nos primeiros dias de governo realizamos uma força tarefa com os caminhões caçamba e o empenho dos garis que trabalharam três dias intensamente para colocar a situação em dia. Nessa semana, os dois caminhões que estavam há três meses carregados de lixo no pátio da secretaria foram recuperados e voltaram a ativa normalizando a coleta no município”, explica Scarpatto.

A manutenção das estradas vicinais desde o primeiro dia foi uma prioridade. “Todas as comunidades de interior receberam manutenção e demos início à limpeza de bocas de lobo, calçadas e roçadas”, ressalta Scarpatto.

A organização do ambiente de trabalho também foi um problema encontrado. “A primeira ação foi organizar o pátio. Nós realizamos a limpeza no local e retiramos mais de 50 caminhões de entulho, dando condições de trabalho aos servidores. Havia também a falta e o controle de almoxarifado, banheiros e instalações precárias e os funcionários nem água potável tinham para beber”, afirma o secretário.

Máquinas recuperadas

A secretaria de Obras também recuperou em quatro dias uma patrola, um caminhão caçamba, uma retroescavadeira, um trator agrícola que faz as roçadas e os dois caminhões de lixo. Investimento de aproximadamente R$ 15 mil. “Ainda falta consertar mais uma retroescavadeira, duas carregadeiras, um caminhão caçamba e outro pipa, um rolo compactador e um automóvel gol. Na agricultura as reformas também são necessárias, como a recuperação de três grades, quatro arados, dois escalificadores, uma ensiladeira e um veículo gol. Realmente a situação é caótica, totalmente sem controle e pelo que se percebe que não havia preocupação em fazer manutenção. Realmente um descaso com o dinheiro público. Contudo, estaremos atuando com força total assim que a situação financeira sanar. Pedimos, neste primeiro momento, a compreensão da comunidade", relata Scarpatto.

 

Maria Luiza Da Rolt/Imprensa Prefeitura de Cocal do Sul

  • 8613c175cf6a0dfbfed9ffaaf76e8484
  • p17gihchch1d0jp00v7u1penput3
  • p17gihchch14vr1o82k8b1v4ukdl4
  • p17gihchch1cgti54bs445a10tb5
  • p17gihchchhlf1rl361cruqul56