Saúde

Alerta reforçado na semana fatal contra a febre amarela

Mais de 113 mil doses da vacina vão perder a validade na região se não forem procuradas até o dia 31.

Divulgação

O alerta levantado nesta terça-feira (23), segue repercutindo: quem ainda não se vacinou contra a febre amarela deve procurar os postos de saúde até o próximo dia 31. “É quando acaba a validade do lote disponível, não temos novo lote, então temos 113 mil doses disponíveis e elas serão perdidas a partir de 1º de agosto”, reforçou nesta quarta, no programa Ponto Final na Rádio Som Maior, a enfermeira do Programa de Imunização da 21ª Gerência de Saúde, Rosane Maria dos Santos Ghedin.

“Todos os municípios estão fazendo estratégias em horários estendidos, Criciúma vai fazer uma ação no sábado, estão fazendo também as orlas das matas, é obrigação vacinar essa população. Em alguns lugares há até vacinação casa a casa”, afirmou. “Pode vacinar em qualquer unidade e também em outro município que não o seu”, completou.

Há dúvidas em relação aos que podem ou não ser beneficiados. “As pessoas acima de 60 anos precisam de avaliação do médico da unidade, se não tem nenhuma contraindicação, alguma doença que possa contraindicar. Até 59 anos é para todas as pessoas. Tem pessoas que viajam para regiões onde tem mais casos, mas aqui já é área de risco, já houve casos, temos que nos vacinar também. Pessoas com alguma doença infecciosa, febril aguda, isso é contraindicação, para avaliar a situação da pessoa, para não fazer uma vacina em um momento em que ela está com outra doença”, advertiu. “Para gestantes e mulheres amamentando até seis meses, e pessoas com doenças com câncer, em quimioterapia, usando drogas que inibem a defesa do organismo, com HIV também tem que ser bem avaliadas pelo médico responsável. A vacina é com vírus vivo atenuado, se o sistema de defesa não reagir bem é complicado”, completou.

Com informações do site 4oito 

Notícias Relacionadas

Defesa Civil mantem alerta para riscos de alagamentos e deslizamentos

Residências de Imbituba registraram problemas. A principal recomendação de precaução é para que as pessoas evitem contato com a água em locais inundados.

Tribunal de Justiça alerta para golpe de precatórios que registra 20 vítimas no Estado somente em 2020

Com os dados dos credores, uma quadrilha liga ou manda mensagem pelo aplicativo WhatsApp apresentando-se como funcionário do advogado da vítima, servidor do TJSC ou especialista que promete antecipar o pagamento mediante um depósito pelo serviço.

Cidasc alerta que comércio ambulante de mudas em Santa Catarina é proibido e deve ser denunciado

Essa proibição tem como objetivos, evitar a introdução de novas pragas no estado, bem como garantir a idoneidade das mesmas, contribuindo para o aumento da produtividade e da competitividade do setor agrícola catarinense.

Saúde de Jacinto Machado alerta para que viajantes passem por triagem ao retornar à cidade

Com dois casos de coronavírus confirmados, ambos em pessoas que viajaram para fora do município, a iniciativa visa conter a proliferação do vírus e também dar segurança ao viajante que retorna para sua família.