Geral

Alesc recebe mais um pedido de impeachment do governador e da vice

Grupo de 16 pessoas aponta crime de responsabilidade em aumento dado aos procuradores do Estado, compra de respiradores e tentativa de contratar hospital de campanha.

Divulgação

A Assembleia Legislativa de Santa Catarina recebeu nesta segunda-feira (10) mais um pedido de impeachment contra o governador Carlos Moisés (PSL) e a vice-governadora Daniela Reinehr (sem partido) por crime de responsabilidade. A solicitação foi feita por um grupo de 16 pessoas, entre advogados, um desembargador aposentado, profissionais liberais e empresários, informou a Alesc.

Este é o sétimo pedido de impeachment por crime de responsabilidade recebido pelo legislativo catarinense contra Moisés. As defesas do governador e da vice ainda não se manifestaram sobre o assunto.

Nesta última representação, os autores dizem que foram cometidos crimes em três situações: na equiparação salarial dos procuradores do Estado com os procuradores da Assembleia — alvo de outro pedido de impeachment, suspenso pela Justiça; na tentativa da contratação do hospital de campanha de Itajaí, no Vale; e na aquisição dos 200 respiradores artificiais com pagamento antecipado de R$ 33 milhões.

A solicitação será encaminhada para análise da Procuradoria da Assembleia, para ver se preenche requisitos quanto a documentação e para análise superficial do mérito para ver se há indícios de autoria e materialidade da conduta atribuída a Moisés e Daniela.

Com base nessas análises, a procuradoria vai emitir parecer recomendando ao presidente da Assembleia, deputado Julio Garcia (PSD), que acate ou não o pedido de impeachment. Não há prazo estabelecido para que isso ocorra.

Assinam o novo pedido de impeachment: Helio Cesar Bairros, Bruno de Oliveira Carreirão, Beatriz Campos Kowalski, Marcelo Batista de Sousa, José Marciel Neis, Nilton Silva Pacheco, Carlos Alberto Vieira, Fernando de Mello Vianna, Leonardo Borchardt, Dulcianne Beckhauser Borchardt, Anselmo Cerello, Ivo Borchardt, Gabrielle Beckhauser Rodriguez, Adauto Beckhauser, Josue Ledra Leite e Filipe Henrique Brolese.

Outros pedidos

Dos outros seis pedidos de impeachment, quatro já foram arquivados. O quinto, do defensor público Ralf Zimmer Junior, estava em andamento até a suspensão judicial e, o sexto, de autoria do deputado Ivan Naatz (PL), ainda aguarda a manifestação da procuradoria da Alesc e também é sobre a equiparação salarial dos procuradores.

Com informações do site G1/SC

Notícias Relacionadas

Coronavírus em SC: Governador lista doações recebidas e agradece generosidade dos catarinenses em meio à pandemia

As doações incluem itens de higiene e equipamentos de proteção individual (EPIs) para os profissionais que atuam na linha de frente no combate à Covid-19.

Coronavírus em SC: Governador planeja retomada gradativa da atividade econômica e projeta 713 novos leitos de UTI

O objetivo é adequar as medidas de isolamento à necessidade dos catarinenses com segurança.

Em Laguna, governador autoriza emissário terrestre para a praia do Mar Grosso e libera recursos para hospital

A projeção da Casan é que o empreendimento fique pronto em janeiro de 2020. O emissário é uma rede de 2.718 metros de extensão e diâmetro de 315 milímetros, com tubos de polietileno.

Governador sanciona lei que regulamenta emissão de certificados de veículos por despachantes

O ato do Governo dá autonomia, estabilidade e garante mais segurança jurídica ao trabalho realizado pelos despachantes.