Geral

Altas taxas de impostos encarecem o preço da gasolina

Campanha do Sindipetro/SC conscientiza a população sobre o preço do combustível, para alertar que na maioria das vezes, a culpa não é do posto.

Gasolina

Foto: Divulgação

Os recentes aumentos no preço da gasolina preocupam os consumidores. Se no último mês, a gasolina comercializada em Santa Catarina era considerada a mais barata do Brasil, agora, a realidade é outra. O preço está acompanhando a média nacional, chegando a ultrapassar R$ 4 em alguns postos de combustíveis da região. Na semana em que se comemora o Dia do Consumidor, 15 de março, o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo de Santa Catarina (Sindipetro/SC), lança a campanha “O problema não é o posto, é o imposto”, para conscientizar os clientes sobre os motivos da alta do combustível.

“O intuito de campanha é esclarecer a situação que os revendedores enfrentam atualmente diante do alto valor de impostos embutidos nos combustíveis, principalmente na Gasolina e o Diesel. Queremos mostrar que o dono do posto, diferente do que muitas pessoas pensam, não é o vilão”, esclarece o presidente da entidade Luiz Antonio Amin.

Com informações do Portal DNSul

Notícias Relacionadas

Procon de Criciúma autua supermercado por prática de preço abusivo

Órgão emitiu auto de infração contra estabelecimento que cobrava R$ 9,99 pelo quilo do tomate

Petrobras reduz pelo 2º dia seguido preço da gasolina nas refinarias

Ontem (3) a estatal já havia reduzido o preço de R$ 1,5087 para R$ 1,4675.

Prefeito de Lauro Müller sanciona leis que visam diminuir taxa de construção para empreendimentos rurais

Após aumento de 13% no diesel, preço da gasolina sobe novamente

É o valor mais alto cobrado pelo preço do litro da gasolina desde junho do ano passado, quando a Petrobras mudou a política de preços