Geral

Alunos das escolas municipais retornam às salas de aula a partir desta quarta-feira

Pesquisa de retorno das aulas registrou que 77% dos pais ou responsáveis optaram por aulas presenciais nas escolas municipais

Divulgação

As 65 escolas municipais estão nos últimos preparativos para receber os alunos a partir desta quarta-feira (17). Este ano, os estudantes terão três modalidades de ensino: presencial, semipresencial e remoto. Na pesquisa realizada pela Secretaria Municipal de Educação, 77% dos pais ou responsáveis optaram pelas atividades presenciais. Já as remotas, foram 23%.

As modalidades presencial ou semipresencial vão depender do espaço físico de cada sala de aula, conforme o distanciamento de 1,5 m por pessoa. “Se o espaço comportar o número de alunos, seguem as aulas presenciais normalmente. Mas se sala de aula não conseguir atender toda a demanda, aquela turma será dividida em dois grupos. Neste caso, o atendimento será com alternância entre os grupos, onde 50% dos alunos voltarão às salas de aula, enquanto a outra metade fica com as atividades remotas ou impressas em casa. Na semana seguinte, a organização será invertida. Já aqueles que optarem por atividades remotas, será 100% online”, explicou o secretário municipal de Educação, Miri Dagostim.

Os pais que optaram por uma das modalidades tiveram que assinar um termo de compromisso. Caso os pais ou responsáveis optem pela mudança da modalidade, deverão comunicar a escola, que terá 10 dias úteis para reorganizar o grupo. “Cada escola tem suas especificidades. O retorno não será da mesma forma para todos os estudantes. Como na Educação Infantil, se aquela sala comportar todas as crianças que voltarem presencial será em tempo integral, mas caso contrário, será dividido de forma parcial nos dois períodos, de manhã e à tarde”, complementa.

Além disso, todas as escolas seguirão as regras sanitárias. Na entrada de cada unidade, terão profissionais realizando aferição da temperatura e alunos precisarão passar álcool em gel nas mãos. Os estudantes também devem levar uma máscara reserva.

Retorno às atividades

Os professores já retornaram às atividades com formações e reuniões pedagógicas. Os estagiários voltaram na última semana. A Secretaria de Educação ainda precisa de estagiários para o preenchimento de vagas. Os interessados podem ter acesso a mais detalhes por meio do link: https://bit.ly/3rX6f94.

Transporte coletivo e escolar

Para atender a demanda do retorno às aulas, o transporte coletivo de Criciúma funcionará em horário estendido a partir desta quarta-feira. Aproximadamente 33 linhas de ônibus estarão à disposição dos moradores da cidade, tendo o mínimo de seis escalas para as menos usadas e podendo chegar a 400 escalas para as rotas de mais movimento.

A orientação é que os usuários usem máscara e estejam frequentemente com as mãos higienizadas. “Todas as medidas cabíveis de segurança serão executadas, inclusive o álcool 70% continuará sendo disponibilizado para os passageiros”, destacou o diretor da Diretoria de Trânsito e Transporte de Criciúma, Gustavo Medeiros.

Os horários atualizados de todas as linhas poderão ser consultados no site da Prefeitura de Criciúma ou da Associação Criciumense de Transporte Urbano (ACTU) e no aplicativo Moovit, disponível para baixar no Google Play e App Store.

Já os transportes escolares também terão restrições. Os veículos circularão com 50% da capacidade. Antes de entrar no ônibus, será aferido a temperatura e o estudante deve passar álcool em gel nas mãos.

Testes nos professores

Desde o início do mês, os professores da rede pública e privada estão fazendo os testes rápidos. Até o momento, 1580 profissionais já foram testados, e, destes 25% positivaram e 16% apresentaram IgG (já entrou em contato com vírus no passado).

O objetivo é para avaliar o grau de contato com o coronavírus e o nível de imunidade entre os professores, equipe diretiva e profissionais das unidades. Com duas equipes, os profissionais da saúde estão passando nas escolas para realizar as coletas.

Notícias Relacionadas

Pesquisa aponta aumento de casos de covid em 1.217 cidades esta semana

O número corresponde a 33,9% das 3.591 prefeituras ouvidas

Governo de SC vai prorrogar estado de calamidade pública até 30 de setembro

Com a medida, o Estado fica desobrigado de cumprir algumas metas fiscais, o que facilita o combate ao vírus

Santa Catarina avança na certificação de propriedades livres de brucelose e tuberculose

A intenção da Secretaria da Agricultura é ampliar o número de certificações, para que esse seja mais um diferencial competitivo do agronegócio catarinense

Governo do Estado abre licitação para elaboração de estudo para criação de rodovia alternativa à BR-101 Norte

A empresa que for selecionada na licitação terá seis meses para executar um estudo identificando onde poderá passar essa nova rodovia