Geral

Alunos de SC escrevem cartas ao Papa e se surpreendem com resposta

Crianças mandaram desenhos, mensagens de carinho e dúvidas ao pontífice

Divulgação

O que você perguntaria ao Papa se tivesse a oportunidade?

Um grupo de estudantes de Blumenau colocou os questionamentos no papel e decidiu enviar ao pontífice. A atividade fez parte de um trabalho da escola e, para a surpresa dos pequenos, eles receberam uma resposta.

Toda história começou quando os alunos do terceiro ano do ensino fundamentam leram em sala o livro Querido Papa Francisco. Nele, o líder da Igreja Católica responde às cartas com perguntas de crianças de todo o mundo.

Foi aí que a professora de ensino religioso Lúcia Luz incentivou cada uma das cinco turmas a escrever uma carta também. Em meio aos desenhos e mensagens de carinho, as dúvidas foram enviadas.

A pequena Lara Leal Rocha, de nove anos, aproveitou para perguntar sobre a possiblidade de fazer contato com os mortos. Outros alunos queriam saber sobre a rotina de orações e quantos idiomas o Papa fala.

O material foi encaminhado ao Vaticano em novembro do ano passado e aí começou a espera por resposta. Até mesmo durante as férias, os pequenos ficaram se perguntando se haveria um retorno quando voltassem à escola em 2022.

No começo do ano letivo veio a surpresa: uma resposta do Vaticano. A carta é assinada pela assessoria do Papa Francisco com uma mensagem especial:

“Não podendo responder a todas as perguntas que lhe fizeram, como gostaria, o Papa Francisco pede para agradecer e dizer que reza por todos para conseguirem dar sempre alegria ao Pai do Céu”.

— Foi muito legal saber que o Papa Francisco teve esse tempo para responder a nossa turma, com a nossa carta que a gente fez com todo o amor e carinho — disse a aluna Maria Fernanda Deschmps, de nove anos.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Embarcação vira com quatro pescadores no Balneário Rincão

Ocorrência foi atendida pelo Serviço Aeromédico (Saer)

Covid-19: chega ao fim estado de emergência em saúde pública no Brasil

Segundo o governo, nenhuma política pública de saúde será interrompida

Homem de 57 anos é preso após tentar beijar menina de 11 anos à força, em Orleans

Fato ocorreu na Rua Aristiliano Ramos, na tarde deste sábado, dia 21.

Número de transplantes de rim caiu nos últimos dois anos

Sociedade Brasileira de Urologia lançou campanha para estimular doação