Norte

Alunos e professores protestam em escola estadual de Joinville

Manifestação ocorreu na manhã desta segunda (23) em frente à escola. Protesto foi por melhores condições dentro das salas de aula da unidade

Foto: Cinthia Raash / G1 SC

Foto: Cinthia Raash / G1 SC

Alunos e professores da Escola Estadual Osvaldo Aranha, em Joinville, no Norte de Santa Catarina, protestaram em frente ao colégio na manhã desta segunda-feira (23). Eles pedem melhorias na estrutura da unidade.

Mais de cem pessoas, entre alunos e professores, deram a volta na quadra e fecharam a rua 15 de Novembro, no bairro Glória, por alguns minutos, pedindo por ventiladores e ares-condicionados nas salas de aula.

De acordo com G1 SC, os professores afirmam que o calor prejudica o rendimento das aulas: "Estamos em situação desumana, professores e alunos não aguentam, não há rendimento pedagógico", contou a educadora Daniela Azambuja.

Após o término do protesto, os alunos tiveram aula normal. A diretora informou que as salas de aula já têm aparelhos de ar-condicionado, mas que não podem ser ligados porque ainda não foram instalados.

A Secretaria de Desenvolvimento Regional de Joinville – SDR, informou que a instalação do transformador e aumento da capacidade energética na escola já foi concluída,  em um investimento de R$ 30 mil.

Na sexta (20), a empresa terceirizada fechou o levantamento da rede elétrica interna. Ainda há a necessidade de adaptações para então poderem ser ligados os oito aparelhos. Feito isso, também será realizada a instalação de 16 ventiladores. Todo o trabalho deve estar concluído em 20 dias.