Geral

AMESC completa 42 anos neste domingo

O trabalho colegiado surgiu no dia 5 de setembro de 1979 quando a AMESC foi fundada com nove municípios filiados, conquistada pela vontade política de um grupo de prefeitos

Divulgação

Fortalecer a estrutura técnica-administrativa dos municípios filiados e realizar a defesa dos interesses de seus cidadãos é a missão da AMESC. Há mais de quatro décadas a associação dedica-se à defesa dos interesses do municipalismo ao integrar os 15 municípios do extremo sul catarinense, unificando-os em prol do desenvolvimento regional sustentável e auxiliando a gestão pública municipal.

O trabalho colegiado surgiu no dia 5 de setembro de 1979 quando a AMESC foi fundada com nove municípios filiados, conquistada pela vontade política de um grupo de prefeitos. Coube a Salmi Paladini (em memória) ser o primeiro presidente. “Quando analisamos a história da instituição vemos uma história de sucesso, com a credibilidade do trabalho ao longo destas décadas. A cada dia fortalece o sentimento de integração em prol do bem estar da população. A bandeira que se ergue é o desenvolvimento da nossa região”, aponta o presidente Moacir.

Moacir agradece a todos que fazem parte desta história. “O modelo de associativismo catarinense é referência no país. Passa pela essência da AMESC mais de dez administrações municipais ao longo destes 42 anos. São muitas pessoas e histórias que se unificam a história da entidade municipalista. São aproximadamente 150 prefeitos e suas equipes trabalhando em cada cidade e formando uma região melhor. Neste caminho muitos profissionais também contribuíram para auxiliar as administrações públicas. Contamos com um corpo técnico com profissionais comprometidos em contribuir com o crescimento regional. A AMESC cumpre com o papel de fortalecimento e integração dos 15 municípios em um trabalho contínuo”.

Foram muitas as conquistas e atuações da AMESC, como: capacitação das administrações públicas municipais; fomento ao desenvolvimento regional sustentável; formação dos colegiados setoriais; construção da sede própria; assessorias técnicas; eventos regionais e atuação marcante em reivindicações regionais, a exemplo da duplicação da BR-101, pavimentação das Serra da Rocinha e do Faxinal e manutenção de órgãos na região como a Receita Federal.

Moacir lembra que os prefeitos se mantêm atentos em meio a pandemia do coronavírus. Uma das conquistas neste ano foi em relação ao suporte com equipamentos para UTI COVID no Hospital Regional do Araranguá. “É um esforço contínuo, pois temos diversos setores que precisam de atenção e todos são importantes, mas quando realizamos um diálogo regional, ganhamos força para a busca das soluções. Parabéns AMESC, parabéns população por estes 42 anos de atuação municipalista”.

Notícias Relacionadas

Handebol de Criciúma disputa fase regional do Campeonato Brasileiro Sub-16

Grupo busca neste sábado a classificação para a etapa final da competição

Veículo alugado e não devolvido é recuperado pela PRF na BR-101, em Tubarão

O motorista, de 32 anos, alegou ter locado o veículo em 2019 para trabalhar como motorista autônomo, e que não sabia da condição do veículo

Motorista morre e duas passageiras ficam feridas em acidente na BR-280, em SC

Colisão aconteceu por volta das 17 horas de quinta-feira, no Planalto Norte Catarinense, em em São Bento do Sul

Professor é indiciado por compartilhar pornografia infantil com alunos em SC

Justiça afastou o homem das salas de aula, e Secretaria de Estado da Educação abriu sindicância interna