Geral

Amrec: Novo decreto entra em vigor a partir de quinta-feira

Serviços essenciais como supermercados e padarias abrirão de segunda à sexta-feira até as 21h, sábado até às 12h e domingo permanecem fechados.

Divulgação

Um novo decreto passa a valer na quinta-feira, dia 30, por 14 dias em todos os municípios que compõem a Associação de Municípios da Região Carbonífera (Amrec). Confira abaixo:

Serviços essenciais como supermercados e padarias funcionarão de segunda à sexta-feira até as 21h, sábado até às 12h e domingo permanecem fechados. Já os serviços não essenciais como bares, restaurantes e lanchonetes funcionarão apenas de segunda à sexta-feira até às 21h e sábado e domingo fechados. Academias funcionarão de segunda à sexta-feira até às 20h e sábados e domingos fechados.

“Nós acreditamos que essas medidas vão de encontro com um problema que estamos encontrando nas nossas cidades e eu acredito que a população que tem nos abordado inúmeras vezes pedindo por mais restrições, eu acho que nós estamos dando esse gesto. è muito difícil o prefeito tomar uma medida para fechar um comércio, o expediente, mas nós contamos que com isso a população faça a parte dela”, ressalta o pesidente da Amrec e prefeito de Cocal do Sul, Ademir Magagnin.

Com informações do site TNSul

Notícias Relacionadas

Prefeito de Nova Veneza assina decreto de formação da Comissão de Acompanhamento, Controle, Prevenção e Monitoramento ao Coronavírus

Nova Veneza não tem casos confirmados da doença, apenas pessoas em isolamento domiciliar que já foram acompanhados, mas devem permanecer em quarentena pois chegaram de viagem.

Justiça nega liminar e mantém decreto que fecha supermercados aos domingos em Içara

Em sua análise , o magistrado aponta que o artigo impugnado é válido, não há violação a regras de competência e não há violação ao preceito legal que prevê a manutenção das atividades essenciais.

Momento preocupante nas regiões da Amrec e da Amurel por causa da forte chuva

Defesa Civil, Bombeiros e Polícia Militar atuam no socorro em várias cidades da região

Decreto suspende pedidos de gratificação em Criciúma e indícios de fraudes são investigados