Geral

Animais que viviam em local inadequado são recuperados pela Vigilância em Saúde de Imbituba

A equipe Prefeitura de Imbituba retirou de uma residência do município, 20 cães que viviam em um local sem espaço físico. A pessoa que abrigava os animais também não apresentava meios financeiros que garantissem o cuidado diário.

Divulgação

A equipe da Vigilância em Saúde da Prefeitura de Imbituba, em resposta a uma ordem judicial, retirou de uma residência do município, 20 cães que viviam em um local sem espaço físico. A pessoa que abrigava os animais também não apresentava meios financeiros que garantissem o cuidado diário.

Esta é a segunda apreensão realizada pelas equipes do município desde 2018. No ano passado, foram recuperados 10 animais. Em caráter emergencial, todos os cães recolhidos foram colocados em um lar de passagem, provisório, até que sejam adotados definitivamente.

“Este local fica nas dependências da usina de reciclagem, onde os animais estão sendo tratados, alimentados e hidratados. Todos já foram castrados, receberam tratamento contra vermes e pulgas. Semanalmente, estão sendo avaliados por uma médica veterinária. O local é limpo e higienizado duas vezes por dia”, disse a Gerente de Vigilância em Saúde, Joana Diniz.

Das apreensões realizadas este ano, oito cães já foram adotados e cinco estão em processo de adoção. Todos os demais participam, semanalmente (aos sábados), de feirinhas de adoção.

“Além disso, estamos dando continuidade ao contato diário com possíveis adotantes. Vale ressaltar que esta é uma ação pontual e não está vinculada ao Centro de Bem Estar Animal, recém-inaugurado em nossa cidade”, reiterou Joana Diniz.

Para os interessados em ajudar ou adotar um dos cães, é necessário entrar em contato com a Vigilância em Saúde, pelos telefones (48) 3255-2046/3255-2047. Neste trabalho, o órgão municipal conta com a parceria de protetoras engajadas no processo de doação.

Di

Divulgação

Notícias Relacionadas

Teoria, prática e emoção: alunos de Medicina Veterinária do Unibave auxiliam em partos de animais

Nos últimos dias, acadêmicos viveram a experiência de auxiliar na realização de partos de animais - uma cesárea e outro normal.

Vigilância em Saúde de Criciúma promove oficina para planejar ações, prevenção e controle de doenças

Capacitação aconteceu na Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc)

Cocal do Sul assina convênio com Unibave para castração de 30 animais de rua por mês

O objetivo é controlar o crescimento populacional de cães e gatos

Coronavírus em SC: Estado confirma 87.982 casos, 74.062 recuperados e 1.175 mortes por Covid-19