Saúde

Anvisa aprova registro do primeiro autoteste para Covid-19 no Brasil

Autoteste é considerado uma importante estratégia de triagem pelo Ministério da Saúde

Divulgação

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou nesta quinta-feira, 17, o primeiro autoteste para Covid-19 do Brasil. O produto registrado é o Novel Coronavírus (Covid-19) Autoteste Antígeno, da empresa CPMH Comércio e Indústria de Produtos Médicos-Hospitalares e Odontológicos. O teste é de uso nasal e mostra o resultado em 15 minutos.

Segundo a avaliação da agência reguladora, o produto atendeu aos critérios técnicos definidos e também teve o desempenho avaliado e aprovado pelo Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS), conforme estabelecido no Plano Nacional de Expansão da Testagem (PNE) do Ministério da Saúde.

O autoteste é uma estratégia de triagem, por isso não define o diagnóstico. Esse, deve ser realizado por um profissional de saúde. Segundo a Anvisa, o caráter do autoteste é orientativo, ou seja, não se trata de um atestado médico.

Para conceder o registro do produto, a Anvisa analisou uma série de requisitos técnicos. A disponibilidade do produto no mercado depende da empresa detentora do registro.

Histórico

A Anvisa aprovou o uso de autotestes de antígeno (AT-Ag) no país em 28 de janeiro. A decisão foi subsidiada pelo Ministério da Saúde, que recomenda o uso do produto para iniciar o isolamento precoce, com o objetivo de quebrar a cadeia de transmissão, além de direcionar o encaminhamento à rede assistencial.

Os autotestes podem ser também utilizados para que as pessoas saiam do isolamento depois do resultado negativo, desde que assintomático e no período recomendado.

O que é importante saber

O autoteste é o produto que permite que o cidadão realize todas as etapas da testagem, desde a coleta da amostra até a interpretação do resultado, sem a necessidade de auxílio profissional.

Você pode utilizar o autoteste entre o 1º e o 7º dia do início dos sintomas como febre, tosse, dor de garganta, coriza, dores de cabeça e no corpo.

Caso você não tenha sintomas, mas tiver tido contato com alguém que testou positivo, aguarde 5 dias antes de usar o autoteste.
Somente os autotestes aprovados pela Anvisa podem ser comercializados no país seja em farmácias ou estabelecimentos de produtos médicos regularizados junto à vigilância sanitária.

A lista completa dos testes aprovados pela Anvisa será atualizada periodicamente e está disponível no painel eletrônico.

Com informações do Ministério da Saúde e Anvisa

Notícias Relacionadas

Homem é encontrado morto com ferimento grave na cabeça na Serra catarinense

O caso foi repassado para ser investigado pela Polícia Civil; o corpo do homem foi recolhido para análises

Bebê é achada viva ao lado da mãe morta em acidente em SC: ‘se jogou nos braços’

Carro onde estava mãe e filha invadiu um potreiro e caiu em um córrego no bairro Universitário, em Maravilha

Justiça disciplina presença de crianças e adolescentes em jogos no estádio do Criciúma

Vacina contra a gripe já tem data para ser liberada para todos em SC; veja quando

Campanha de imunização começa a ser ampliada já nesta sexta-feira (27) para crianças de até 11 anos e trabalhadores da saúde em geral