Saúde

Anvisa suspende autorização de importação da vacina Covaxin

Decisão foi tomada de forma unânime

Divulgação

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu cautelarmente a autorização excepcional e temporária para importação e distribuição da vacina Covaxin, usada contra a covid-19. A decisão foi tomada hoje (27), em Brasília, de forma unânime pela diretoria colegiada da agência. A solicitação de importação foi feita pelo Ministério da Saúde.

Em nota, a Anvisa informou que a decisão foi tomada após ter sido comunicada pela empresa indiana Bharat Biotech que “a Precisa Medicamentos não possui mais autorização para representar a Bharat, fabricante da vacina Covaxin no Brasil”.

Segurança jurídica e técnica

Ainda segundo a agência, a medida prevalecerá até que “sobrevenham novas informações que permitam concluir pela segurança jurídica e técnica” da manutenção da deliberação que autorizou a importação.

Relator da matéria, o diretor Alex Machado Campos disse que a perda de legitimidade da Precisa Medicamentos para atuar junto à Anvisa pode influenciar no cumprimento dos requisitos e condicionantes da importação.

“A decisão levou em conta ainda notícias de que documentos ilegítimos podem ter sido juntados ao processo de importação, o que pode impactar as conclusões quanto aos aspectos de qualidade, segurança e eficácia da vacina a ser utilizada na população nacional”, concluiu a Anvisa.

Com informações da Agência Brasil

Notícias Relacionadas

São Ludgero vacina contra Covid-19 adolescentes com 13 anos

Acontece na Sala de Vacinas, localizada na ESF Margem Esquerda.

Mulheres Artesãs da Coopercocal retomam atividades presenciais

As atividades iniciaram na última semana, com capacidade reduzida, seguindo todos os protocolos de segurança.

CRAS de Orleans é invadido e tem TV, notebook, celular e caixas de som furtados

Quando chegou para trabalhar no local, servidora constatou que a janela estava aberta e que havia uma cadeira próxima a ela.

Coronavírus em SC: 70% das cidades não registram mortes por Covid em setembro

Das 295 cidades catarinenses, 204 não registraram óbitos no mês de setembro.