Educação

APAE mostra todo trabalho desenvolvido nas redes sociais, em Cocal do Sul

O objetivo é levar a APAE para mais perto da comunidade, e trazer a comunidade para dentro dos projetos e serviços da APAE

Divulgação

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Cocal do Sul pretende aproximar ainda mais a comunidade sul-cocalense dos seus trabalhos em 2022. Para isso, a escola estará mais ativa nas redes sociais, site e meios de comunicação disponíveis. “Há alguns anos atrás, a APAE tinha um responsável pela comunicação e percebia o quão bem fazia a divulgação dos trabalhos que fazemos aqui. Hoje temos as mídias, temos o site , mas ainda não tínhamos uma pessoa para cuidar exclusivamente desse trabalho. Fazíamos conforme dava”, explica a diretora da escola, Rosiclei Prior Viola.

Neste ano então, a APAE traz novamente para o seu quadro de funcionários, um profissional jornalista, que cuidará exclusivamente de todas as redes sociais da APAE e também fará o contato com os veículos de imprensa da região, para mostrar o trabalho desenvolvido. “Queremos mostrar quem apoia e quem doa, mas também quem faz o trabalho acontecer dentro da escola. Queremos mostrar os projetos, os eventos, mas também quem faz acontecer. E claro, queremos mostrar como funciona o dia a dia e também os alunos, que são a razão de todo trabalho”, declara a nova Assessora de Imprensa da APAE de Cocal do Sul, a jornalista Ana Paula Nesi.

Para Pedro Bertan, que é Presidente da APAE, essa maior frequência nas mídias é essencial, já que cada vez mais, as pessoas e as próprias empresas usam as redes como base para avaliar os trabalhos realizados. “É muito importante a divulgação para mostrar os trabalhos que toda nossa diretoria, equipe e funcionários estão realizando”, afirma, contando dos projetos para 2022. “Teremos a reforma da panificadora, das salas de aula e auditório; faremos a acústica do ginásio de esportes e temos projetos para a garagem dos ônibus; veículos novos devem ser adquiridos e muito mais”, adianta o presidente.

“Muitas pessoas questionam o número de funcionários que temos, mas não tem consciência de quantos alunos recebemos. Sabem alguns valores que ganhamos, mas acabam não tendo dimensão dos projetos e custos que a APAE tem. O atendimento de uma pessoa com deficiência envolve saúde, assistência e educação, é um valor alto e queremos poder mostrar tudo de forma transparente para a comunidade que nos ajuda”, explica a diretora Rosi, afirmando que agora, essas informações chegarão até a população.

“Queremos mostrar o que a APAE faz; qual a importância desse trabalho. Queremos levar a APAE para a comunidade e trazer a comunidade para dentro da APAE”, finaliza.

Notícias Relacionadas

Em Cocal do Sul, governador Carlos Moisés lança edital para finalização da SC-442

O total a ser asfaltado é de quase quatro quilômetros, sendo 762 metros em Cocal do Sul e 3,2 quilômetros no contorno do distrito de Estação Cocal.

Estrada do Rio Caeté, em Cocal do Sul, fica fechada até quarta para reparos

Por ser um local com grande fluxo de caminhões, os motoristas precisarão optar por rotas alternativas

Feijoada da APAE volta com evento presencial dia 14 de maio, em Cocal do Sul

Evento estava em pausa devido a pandemia de Covid-19

Vítima de acidente entre carro e moto é levada ao hospital, em Cocal do Sul

Homem teve suspeita de fratura nos arcos costais e luxação no ombro