Geral

Após protestos, FTC emite nota sobre pavimentação de rodovia em Içara

Moradores protestaram devido à mudanças no projeto de pavimentação da Rodovia dos Trilhos que foram solicitadas pela FTC em Içara, no Sul de SC.

Divulgação

Após o protesto de moradores do bairro Esperança em Içara, a Ferrovia Tereza Cristina (FTC) emitiu nota sobre a alteração do traçado no projeto de pavimentação da avenida Manoel Gregório em Içara. Conhecida como Rodovia dos Trilhos, ela ligará o centro do município do Sul de Santa Catarina à BR-101.

“Não existem justificativas técnicas para a não realização das alterações sugeridas pela Ferrovia, pois além de melhorar a segurança durante a entrada/saída e movimentação de cargas no terminal, irá beneficiar os moradores da Vila Esperança e todos motoristas que irão se utilizar da rodovia”, destaca a note.

A obra do governo do Estado, foi alvo de reclamação dos moradores da comunidade devido as alterações no projeto de pavimentação. As alterações foram propostas pela Ferrovia devido à futura instalação na localidade de um Terminal Intermodal Sul (TIS) de cargas. Além disso, o traçado se encontra próximo aos trilhos que são de controle da União e da FTC.

“Foram solicitadas alterações que priorizam a segurança da comunidade, dos usuários da rodovia e da operação ferroviária, considerando que no local haverá a instalação de desvios ferroviários para atender a operação de um Terminal de Cargas, cujo projeto comercial e de instalação vem sendo desenvolvido desde 2015”, afirma a nota.

Comunidade preocupada com trajeto

O protesto dos moradores foi realizado nesta quarta-feira (21). Eles foram até a ferrovia com diversos cartazes pedindo a revisão do projeto atual. Para os moradores o ideal era o trajeto da rodovia seguir o atual, em linha reta e costeando a linha férrea.

“Não aceitamos a rodovia por onde querem passar duas vezes na comunidade. Passa encostadinho no cemitério e conseguimos recentemente uma capela mortuária. Não teremos estacionamento em nenhum lugar para os carros. Quando tem velório dá muito carro aqui, muita gente e isso vai trazer só dor de cabeça”, conta a moradora, Sirlei Machado Baldissera, ela vive na comunidade há 70 anos.

Mais de R$ 10 milhões investidos na obra

De acordo com a prefeita de Içara, Dalvânia Cardoso a Avenida será uma importante via de escoamento de produção e desenvolvimento econômico para o município. São quase R$ 10 milhões investidos na obra pelo governo do Estado com contrapartida de R$ 1, 8 milhões da Prefeitura de Içara.

“Se trata de uma obra importante. Mais um eixo de desenvolvimento para a cidade. Uma ligação com a BR-101, passando pela comunidade de Vila Esperança. Com a Avenida irá trazer a valorização dos imóveis a qualidade de vida com a pavimentação e também um novo eixo de desenvolvimento econômico”, destaca.

De acordo com ela, a única alteração pedida no projeto pela Prefeitura foi a busca de um aditivo, junto ao Estado, para a instalação de uma ciclofaixa na Avenida que possui 6,2km de extensão. Dalvânia destaca ainda que deve-se buscar um entendimento entre todos os que serão afetados pelas obras.

“Existe essa discussão com a FTC, ela alega as condições de segurança, de trafegabilidade quando instalado o Intermodal. Precisamos encontrar uma solução viável para todos os envolvidos no projeto”, pontua a prefeita.

Confira a nota da FTC na íntegra:

Nota Oficial FTC – Rodovia dos trilhos

No ano passado, a Prefeitura Municipal de Içara encaminhou um projeto de pavimentação para análise e aprovação da Ferrovia, por envolver uma obra assentada dentro de um dos lados da faixa de domínio que pertence à União Federal e está sob a guarda da Ferrovia. Na época, foram solicitadas alterações que priorizam a segurança da comunidade, dos usuários da rodovia e da operação ferroviária, considerando que no local haverá a instalação de desvios ferroviários para atender a operação de um Terminal de Cargas, cujo projeto comercial e de instalação vem sendo desenvolvido desde 2015. Não existem justificativas técnicas para a não realização das alterações sugeridas pela Ferrovia, pois além de melhorar a segurança durante a entrada/saída e movimentação de cargas no terminal, irá beneficiar os moradores da Vila Esperança e todos motoristas que irão se utilizar da rodovia.

Com informações do site ND Mais

Notícias Relacionadas

Obras de recuperação da SC-390 começam nesta terça-feira

Assinatura da ordem de serviço, com a presença do Governador do Estado, Eduardo Pinho Moreira e o Secretário de Infraestrutura do Estado Paulo França, está prevista para acontecer na quarta (26), em Orleans.

Postos da Polícia Rodoviária mantém interdição da Serra e alegam não ter recebido comunicação oficial

Lideranças municipais de Lauro Müller e Bom Jardim da Serra foram informados na manhã desta sexta-feira (01), da liberação do tráfego de caminhões até 15 toneladas na SC-390, trecho da Serra do Rio do Rastro.

Governador admite que atraso da licitação para recuperação da SC-390 está sendo “sinal de incompetência”

Moreira fez declaração ao ser questionado pelo Portal Sul In Foco nesta segunda (30). Em março, o Governo do Estado autorizava o processo de licitação.

Cinco ficam feridos após colisão frontal na SC-108, em Cocal do Sul; VEJA VÍDEO

Entre as vítimas, uma criança que estava na cadeirinha em um dos carros. Rodovia está parcialmente interditada em função do resgate pelas equipes de socorro.