Geral

Após registro do primeiro caso, Morro da Fumaça declara situação de emergência devido ao coronavírus

Documento prevê uma série de ações de combate à Covid-19.

Divulgação

O prefeito de Morro da Fumaça, Noi Coral declarou, através do Decreto 55/2020, situação de emergência no município devido à disseminação do coronavírus (Covid-19). A medida autoriza a mobilização de todos os órgãos municipais para atuarem sob coordenação conjunta da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (Comdec) e Secretaria do Sistema de Saúde nas ações de prevenção e enfrentamento ao vírus.

A critério da Administração Municipal todos os servidores, inclusive aqueles que se encontrarem em férias ou cedidos, deverão ficar sobreaviso, podendo ser convocados a qualquer momento para realização de serviços considerados essenciais por ato da administração municipal.

O coordenador da Defesa Civil, Natan de Souza, explica que a partir de agora o órgão passa a atuar de maneira ainda mais incisiva do que já vinha fazendo. “Buscaremos recursos junto aos governos Estadual e Federal para ajudar a Secretaria de Saúde no combate ao coronavírus. Intensificaremos as ações de prevenção e enfatizaremos a importância dos cuidados, já que registramos um caso de contágio comunitário”, enfatiza.

Ações de prevenção

O decreto do prefeito Noi Coral também autoriza a convocação de voluntários para ações de prevenção e enfrentamento à Covid-19 através da realização de campanhas de arrecadação de recursos junto à comunidade, com o objetivo de facilitar as ações de assistência à população afetada, sob a coordenação da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil.

Souza lembra ainda que, mesmo de casa, as pessoas podem contribuir com aqueles que passam por maiores necessidades neste momento. “Vamos coletar materiais de ajuda humanitária para ajudar as pessoas com maior dificuldade. Pode ser itens de higiene pessoal, produtos de limpeza, alimentos, fraldas, entre tantos outros”, pontua.

Para o enfrentamento da emergência de Saúde Pública de que trata o decreto, poderão ser adotadas medidas como isolamento, quarentena, determinação de realização compulsória de exames médicos, testes laboratoriais, coleta de amostras clínicas, vacinação entre outras.

Notícias Relacionadas

Prefeito de Nova Veneza assina decreto de formação da Comissão de Acompanhamento, Controle, Prevenção e Monitoramento ao Coronavírus

Nova Veneza não tem casos confirmados da doença, apenas pessoas em isolamento domiciliar que já foram acompanhados, mas devem permanecer em quarentena pois chegaram de viagem.

Coronavírus em SC: Governador planeja retomada gradativa da atividade econômica e projeta 713 novos leitos de UTI

O objetivo é adequar as medidas de isolamento à necessidade dos catarinenses com segurança.

Santa Catarina registra dois novos casos de coronavírus e divulga plano de contingência para enfrentar a doença

Secretaria da Saúde desmente notícias falsas sobre casos de coronavírus no Norte de SC

Informações da doença na cidade de São Ludgero também são falsas. Nenhum caso foi confirmado em Santa Catarina.