Segurança

Após ser flagrada furtando carne em Tubarão, mulher alega ter compulsão e afirma que realiza tratamento

O fato aconteceu por volta das 16h30min, em um mercado atacadista situado no bairro Humaitá de Cima.

Foto: Lucas Colombo

Uma mulher, após ter sido flagrada cometendo furto em um mercado atacadista, alegou que há meses desenvolveu essa compulsão e que faz tratamento com dois psicólogos para tratar o problema. O caso aconteceu por volta das 16h30min desta quarta-feira, dia 25, na Rua José Alberto Nunes, no bairro Humaitá de Cima, em Tubarão.

A Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência. No local, a guarnição conversou com o funcionário do estabelecimento, que informou que é fiscal de segurança e avistou a mulher colocando alguns itens, que estavam no carrinho de compras, dentro da sua bolsa. Neste momento, ele começou a fazer o monitoramento.

Em seguida, ela abandonou o carrinho de compras e saiu com os produtos sem pagar, sendo abordada do lado de fora do atacado. Dentro da bolsa, foram encontrados quatro bandejas de carnes furtadas. Questionada sobre o ocorrido, ela relatou que falou dos problemas psicológicos. Diante dos fatos, a guarnição a conduziu para a Delegacia de Polícia para os devidos procedimentos legais.

Notícias Relacionadas

PRF prende quadrilha especializada em furto de roupas em shopping centers na região de Tubarão

Os suspeitos confessaram que furtaram as roupas de lojas da região no final de semana e estavam indo vender as roupas em Tubarão.

Colisão frontal deixa dois em estado grave na SC-108, entre Orleans e Urussanga

Um dos motoristas ficou preso às ferragens e teve o carro cortado para ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros.

Operação resulta em apreensão de drogas e três prisões, em Imbituba

Colisão seguida de atropelamento mata motociclista na SC-100, em Balneário Rincão

O motociclista, de 48 anos, colidiu em um carro e, em seguida, foi atropelado por uma Van, cujo condutor estava embriagado.