Geral

Araranguá é a primeira cidade de SC com medição inteligente de energia; entenda

Celesc está realizando a troca dos medidores convencionais nas residências, indústrias e comércios por medidores eletrônicos e inteligentes em projeto-piloto no Sul de SC.

Divulgação

A Celesc (Centrais Elétricas de Santa Catarina S.A) iniciou nesta semana a instalação de medidores de energia elétrica inteligentes em Araranguá no Sul de Santa Catarina. A cidade foi escolhida pela companhia para o projeto-piloto que possibilitará que o município se torne o primeiro de SC a ser considerado uma ‘Smart City’ (Cidade inteligente).

Além dos medidores, antenas serão instaladas nos postes para possibilitar a comunicação dos medidores com a central da Celesc.

“Essa tecnologia dos medidores possibilita que essa infraestrutura que está sendo instalada possibilite o smart city. Polícia Civil, hospitais, prefeitura, poder público, Polícia Militar e Bombeiros poderão se comunicar de maneiro bem rápida se utilizarem essa infraestrutura, claro com projetos”, explica o presidente da companhia, Cleicio Poleto Martins.

A expectativa é que até o final do ano todos os 32 mil medidores de energia da cidade sejam substituídos pelo novo medidor. Com investimento de R$ 23 milhões, a intenção é que o projeto seja estendido para todo o Estado.

“O projeto Medição Inteligente de Energia reforça o caráter inovador da Celesc, por meio da utilização de sensores eletrônicos para coleta de dados e gerenciamento de recursos e ativos de forma eficaz e sustentável. A partir dos resultados obtidos em Araranguá, nossa intenção é ampliar o conceito a outros municípios e colocar nosso estado na vanguarda tecnológica nacional do setor elétrico, também sob esse aspecto”, afirma Cleicio.

Trabalhadores estarão identificados e não entrarão nas casas
Como o trabalho já está sendo realizado em Araranguá, a Celesc destaca que os trabalhadores estarão identificados. Além disso, não será necessária a entrada deles nas residências, empresas, condomínios, entre outros para a troca dos medidores.

“É importante lembrar que esses profissionais estarão em veículos identificados – ‘A serviço da CELESC’ – devidamente identificados em seus crachás e possuindo ordem de serviços, e que para realizar o serviço não é necessário que entrem nas residências, apenas que tenham acesso aos medidores”, explica o diretor Comercial da Celesc, Vitor Guimarães.

Como funciona o medidor inteligente

Além dos medidores inteligentes, antenas serão instaladas nos postes para que os novos medidores possam se comunicar com a central da Celesc. Desta forma, será possível identificar exatamente quais unidades consumidoras estão ou não com energia. Além disso, será possível acompanhar o consumo dessas unidades, através da central.

“ Vai enviar as informações de forma online de cada uma das residências, indústrias ou comércio para a central. Conseguiremos identificar em cada uma se há ou não falta de energia elétrica”, destaca.

O que são cidades inteligentes ?

De acordo a FGV Projetos, unidade da Fundação Getúlio Vargas responsável pela geração e aplicação de conhecimento técnico e acadêmico produzido pela instituição, cidades inteligentes são sistemas que utilizam, de forma estratégica, infraestrutura, serviços, informação e comunicação na gestão urbana, para dar resposta às necessidades sociais e econômicas da população, aliadas à preservação do meio ambiente, de forma a melhorar sua qualidade de vida.

Com informações do site ND Mais

Notícias Relacionadas

Santa Catarina registra dois novos casos de coronavírus e divulga plano de contingência para enfrentar a doença

Coronavírus em SC: Santa Catarina salta 16 posições e está entre os estados com menor incidência da doença no país

As estratégias de isolamento social e combate ao coronavírus levaram Santa Catarina a avançar para posição de destaque nacional no enfrentamento à pandemia.

Produtor do melhor mel do mundo, Santa Catarina prevê safra acima da média em 2020

Santa Catarina tem uma série de fatores que, naturalmente, favorecem o cultivo de um mel diversificado e até mais puro.

Agências do Sine de Santa Catarina contam com quase 1,7 mil vagas de emprego abertas

A lista de oportunidades disponíveis pode ser acessada no aplicativo Sine Fácil, disponível para smartphones.