Segurança

Assaltante bate em senhora de 80 anos, em Balneário Arroio do Silva

Assaltante bate em senhora de 80 anos, em Balneário Arroio do Silva

Foto: Divulgação / Grupo Correio do Sul

Por volta das 17 horas dessa segunda-feira (19), uma idosa de 80 anos, natural do Rio Grande do Sul e moradora de Balneário Arroio do Silva há 22 anos, foi assaltada e agredida por um criminoso, que lhe desferiu um tapa no rosto e torceu o braço dela. O crime aconteceu quando a senhora retornava do supermercado com uma bolsa grande, onde guardava as compras, e uma sacolinha com dinheiro e um cartão de banco.

O homem, identificado como A. M., de 36 anos, se aproximou da senhora, de bicicleta, e, após agredi-la, ordenou que ela ficasse quieta e entregasse o celular. A vítima conversou com a reportagem e contou que ficou apavorada, que disse ao assaltante que não tinha celular, mas ele revirou a bolsa, derrubando tudo o que havia dentro dela no chão, inclusive, a sacolinha com o dinheiro e o cartão. Ele saiu em fuga assim que notou um veículo se aproximando.

O carro que se aproximava da cena do crime era de um policial militar de folga, o soldado Pedroso, que viu do retrovisor do veículo a ação do bandido e foi ao encontro da vítima e do criminoso. “Passei por ele e fiquei cuidando pelo retrovisor, pois achei suspeito. Quando percebi que ele se aproximou da idosa, retornei e, ao parar, ele empreendeu fuga, correndo entre casas. O persegui por mais de 500 metros, meti o carro em um monte de buracos, quando o fechei com o carro, ele abandonou a bicicleta, começou a pular muros de residências, subiu o telhado de uma casa. Os populares iam me dizendo onde ele estava e eu fui indo atrás dele, no momento em que ele entrou em uma residência sem saída, entrou em uma edícula. Eu o mandei deitar no chão e ele se entregou”, contou o soldado.

O assalto aconteceu na Rua Renato Costa e a captura do bandido se deu na Rua Nova Prata, próximo à Delegacia de Polícia, região central do balneário. O soldado Pedroso chamou o apoio da Polícia Militar, que o encaminhou para a Central de Plantão Policial – CPP de Araranguá juntamente com uma faca encontrada com ele e alguns pertences pessoais, entre eles, R$ 20. O dinheiro, por volta de R$ 70 em notas de papel e moedas e o cartão de banco, roubados da senhora, não foram recuperados. Provavelmente, foram dispensados durante a fuga.

Na CPP, ele confessou que roubou o dinheiro para alugar um lugar para morar, pois teria que desocupar a casa onde estava, nessa segunda-feira. Antes de vir para Arroio do Silva, ele era morador de Forquilhinha. Ele possui uma passagem policial por roubo em 2012. O delegado Marlon Bosse, coordenador da CPP, o autuou em flagrante por crime de roubo.

Com informações do Grupo Correio do Sul

Notícias Relacionadas

Ciclista morre após ser atropelado na SC-285, em Araranguá

Morador de Lauro Müller é baleado durante assalto a ônibus de comerciantes na BR-101; Veja vídeos

Polícia Civil cumpre mandados contra suspeitos de latrocínio em Sombrio

DIC de Criciúma apreende 1,5 kg de maconha e munição de calibre restrito