Segurança

Assassinato de adolescente em Criciúma pode ter sido motivado por dívida, aponta investigação

Danieli Rocha da Silva, de 16 anos, foi morta, na última semana, em frente a uma casa noturna na cidade.

O suposto autor dos disparos que matou a adolescente Danieli Rocha da Silva, de 16 anos, em Criciúma, foi identificado. Segundo a Polícia Civil, o inquérito já está em fase de conclusão, e o delegado, responsável pelo caso, representará pela prisão preventiva do suspeito.

Ele deverá responder por homicídio e tentativa de homicídio, pois, além de Danieli que morreu no local, uma segunda pessoa teria sido atingida de raspão por um dos disparos. A identidade do suspeito não foi divulgada.

O delegado Vitor Bianco Júnior, que coordena a investigação, revelou que a motivação para o assassinato da adolescente teria sido uma dívida de R$ 500 com o suspeito. Porém, a origem da dívida ainda não foi detalhada pela Polícia Civil. “O autor segue foragido. Vamos esperar o depoimento dele para confirmar alguns fatos”, explicou o delegado, em entrevista.

Relembre o caso

Na última sexta-feira, dia 5, Daniele estava em frente a uma casa noturna, no bairro Cristo Redentor, quando foi assassinada a tiros. O caso aconteceu por volta das 4h30min. Testemunhas relataram à Polícia Militar que um homem atirou contra a garota e em pessoas que estavam do lado de fora do estabelecimento. Em seguida, fugiu em um veículo.

Conforme amigos, Danieli não tinha inimizades com ninguém e era uma garota doce. “Era uma menina meiga, simpática com todo mundo. Não tinha boca para nada, sempre no cantinho dela. Saber que ela não vai me mandar mais mensagem, nem um bom dia, boa tarde, nem “amiga, vamos sair?”, é muito triste”, lamentou a amiga Maria Eloisa Moraes.

Com informações do site ND+

Quer receber as principais notícias da região? Clique aqui e entre no nosso grupo de WhatsApp e fique atualizado de forma rápida e confiável 

Notícias Relacionadas

Polícia Civil apresenta dados positivos na repressão de roubos em Criciúma com prisões realizadas e criminosos identificados

Comparado com 2018, os dados indicam redução de roubos com uso de arma de fogo, roubos em residência e roubos com mais de três autores, com estabilização da quantidade de roubos gerais.

Sentença de pronúncia levará para júri casal acusado por homicídio cometido com espada em Orleans

Segundo os autos, os crimes aconteceram em março deste ano, no bairro Rio das Furnas

Morador é executado com cinco tiros em Criciúma

Segundo informações, a vítima saiu recentemente do presídio e possui passagens por pedofilia e estupro de vulnerável.

Polícia Civil cumpre mandados contra suspeitos de latrocínio em Sombrio