Geral

Assembleia Legislativa autoriza Governo do Estado a investir recursos em rodovias federais

As propostas autorizam a aplicação de até R$ 350 milhões de dinheiro do Estado para acelerar as obras nas BRs 470, 280 e 163

Divulgação

O Governo do Estado poderá investir recursos estaduais na melhoria de estradas federais em Santa Catarina. Na sessão desta terça-feira, 1º de junho, os deputados da Assembleia Legislativa (Alesc) rejeitaram o veto do então governo interino aos projetos de leis do próprio Executivo que tratam do tema.

As propostas autorizam a aplicação de até R$ 350 milhões de dinheiro do Estado para acelerar as obras nas BRs 470, 280 e 163. O veto foi derrubado em dois turnos por ampla maioria. Ao saber do resultado da votação em plenário, o governador Carlos Moisés agradeceu aos parlamentares. “A decisão demonstra sensibilidade e comprometimento com o Estado. Sempre digo que as rodovias são federais, mas quem transita por elas são os catarinenses”, salientou o governador.

Carlos Moisés foi à Alesc em maio, solicitando apoio dos deputados para a derrubada do veto. A iniciativa prevê investimentos na duplicação da BR-470, entre Navegantes e Indaial, no Vale do ltajaí; na reabilitação da BR-163, entre São Miguel do Oeste e Dionísio Cerqueira; e na duplicação da BR-280, no trecho entre o trevo do Bairro ltinga, em Joinville, até São Francisco do Sul.

O relator das mensagens de veto, deputado Milton Hobus, reforçou a importância de melhorar estradas que impedem o desenvolvimento do Estado. “Eu dou parabéns ao governador Carlos Moisés porque, hoje, temos esperança”, afirmou. “Eu passo pela BR-470 toda a semana. É uma rodovia que mata gente e que tira empregos”, concluiu.

Mais economia e segurança

O líder do Governo na Alesc, deputado José Milton Scheffer, reforçou que a rejeição do veto é um gesto em apoio à economia e à segurança dos catarinenses, atendendo a uma vontade já manifestada pela população, pelo Governo e pelo Parlamento em melhorar rodovias que há mais de 20 anos aguardam por investimentos.

A autorização legislativa permitirá a celebração de convênio com o DNIT, cuja minuta já está em análise na Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade. O Governo de Santa Catarina ainda vai atuar também na fiscalização das obras e na aplicação dos recursos.

Scheffer também relembrou que o governo está fazendo a sua parte, sem descuidar das rodovias estaduais. “Só neste ano, o Estado deve investir R$ 550 milhões em infraestrutura. Ontem mesmo foi entregue ordem de serviço de R$ 40 milhões para a Serra do Corvo Branco, temos ainda obras na SC-114, em Itaiópolis, na SC-350, em Abelardo Luz, na SC- 445 no Sul, na SC-442, em Cocal do Sul, na SC-108, no Norte, e na SC-390, na Serra, e muitas outras”, afirmou.

Notícias Relacionadas

Fapesc investe R$ 1 milhão em novos estudos para produção de vinho e uva em SC

A produção de uvas e vinho abrange ainda uma área de cultivo de cerca de 6 mil hectares em diferentes regiões. Só de vinícolas, são 95 empresas registradas no Estado

Profissionais da Assistência Social passam por minicurso sobre abordagem antirracista em Criciúma

Palestra foi ministrada por três profissionais da área da Educação e Direito e ocorreu no Salão Ouro Negro

24 horas: Um sonho de 30 anos realizado em Cocal do Sul

A inauguração será neste domingo (26), às 18h, no dia do aniversário de 30 anos de Cocal do Sul

Edital Cultura Criciúma contemplará 30 projetos com R$ 133 mil

Inscrições podem ser feitas até o dia 22 de outubro. Objetivo é incentivar atividades culturais na cidade