Turismo

Atividades realizadas pelo Sinplasc ocorreram nesta quinta-feira, no Senai de Criciúma

Os pesquisadores querem informações sobre o número de leitos e os turistas que passam pela Praia do Rosa na alta temporada, entre os meses de dezembro e fevereiro.

Foto: Divulgação

O núcleo de turismo da Praia do Rosa iniciou, com o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turístico de Imbituba, o Censo que vai busca informações sobre as demandas que o balneário precisa para melhorar o atendimento aos turistas que visitam o local durante a temporada de verão.

Os pesquisadores querem informações sobre o número de leitos e os turistas que passam pela Praia do Rosa na alta temporada, entre os meses de dezembro e fevereiro. A equipe estará identificada com crachá e levará um documento para a pesquisa, que foi elaborado pelo Instituto Federal de Santa Catarina – IFSC, em parceria com a Associação Empresaria de Imbituba – ACIM.

Toda a pesquisa foi avalizada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turístico – SEDETUR de Imbituba e pelo Conselho de Turismo – CONTUR do município.

“Essas informações nos dirão qual tamanho dos eventos que estaremos aptos a receber na Praia do Rosa e como devemos melhorar o atendimento aos nossos visitantes na alta temporada. Inclusive, nos auxiliarão no processo de implantação da Tarifa de Proteção Ambiental – TPA”, ratificou a Secretária de Desenvolvimento Econômico e Turístico de Imbituba, Carina.

Colaboração: Comunicação Prefeitura de Imbituba

Notícias Relacionadas

ExpoMais é oficialmente lançada nesta segunda-feira

O evento terá palestras principais com nomes de renome nacional, além de outros espaços que estarão à disposição do público e que serão reveladas no evento de lançamento desta segunda-feira.

Instituições de ensino da região informam sobre situação das aulas

Comitiva da Fiesc visita a empresa Librelato

Feira estimulará contratação de aprendizes na indústria

Iniciativa será nesta terça-feira com a participação do Senai e mais nove instituições.