Esporte

Atleta de Criciúma quebra recorde no salto em altura na Olesc

Provas foram realizadas em Timbó

Divulgação

Criciúma foi destaque durante o fim de semana nas competições de atletismo da Olesc (Olimpíada Estudantil de Santa Catarina) em Timbó. A atleta Luísa Lummertz conquistou o primeiro lugar na categoria salto em altura e estabeleceu um novo recorde estadual para a modalidade.

Luísa bateu o recorde antigo de 1,65 metros e o primeiro lugar veio após um salto de 1.73 metros. Além disso, ela foi a terceira colocada na categoria 100 metros com barreira.

Já nos 800 metros, Isabely Guimarães Casagrande alcançou o segundo lugar. E no salto com vara, a atleta Stephany Gotera Vila voltou para casa com o terceiro lugar.

Conforme a treinadora Mirelli Bianco Montegutti, as expectativas foram alcançadas. “Todos os nossos atletas que vinham treinando e tinham chance de medalhas conquistaram boas colocações. Inclusive a Luísa que quebrou o recorde da prova, mesmo vindo de lesão”, destacou. A equipe é treinada ainda por Roberto Carlos Bortolotto.

“Cada vitória é muito importante pra Criciúma, demonstra que mesmo após um ano parados por conta da pandemia, nossos atletas seguiram treinando e buscando um nível alto de rendimento para as competições”, destacou o presidente da Fundação Municipal de Criciúma, Neto Uggioni.

Natação conquista medalhas nos Joguinhos Abertos em Indaial

Disputando os Joguinhos Abertos em Indaial, os nadadores de Criciúma alcançaram seis medalhas. O município ficou na quarta colocação geral do feminino e no sexto lugar masculino. As competições foram no fim de semana.

No feminino, as atletas conquistaram duas medalhas de prata e duas de bronze. Já no masculino, foram duas medalhas, uma de prata e outra de bronze.

O atleta Cézar Drugos Nacif foi o terceiro colocado na modalidade 100 metros peito. Já a nadadora Ana Lia de Lima conquistou a medalha de prata no 50 e 100 metros borboleta. No 50 metros Criciúma ainda foi a terceira colocada com Maria Fernanda Maciel.

No revezamento 4×100 metros livre, a equipe foi a terceira colocada com os atletas Maria Fernanda Maciel, Júlia Coan Salvaro, Miany Woginski Martins e Ana Lia Lima.

Por fim, o atleta Vitor Silvestre Moreto alcançou a medalha de prata no 50 metros borboleta.

De acordo com o técnico, Carlos Fernandes, alguns objetivos traçados foram alcançados. “O primeiro era estar entre os melhores do Estado, e ficamos entre os seis primeiros, além do quarto lugar geral no naipe feminino”, frisou.

Notícias Relacionadas

Dez escolas municipais de Criciúma já tiveram seus documentos antigos digitalizados

Objetivo da Secretaria de Educação é criar acervo com decretos, cadastros de estudantes e professores, fotos históricas e demais documentos das unidades de ensino

Colégio Satc inicia transição de alunos para novas séries

Desafios e mudanças para os alunos que passam para o Ensino Fundamental são monitorados pelo corpo pedagógico

“Estamos perto de ver o topo da inflação”, diz presidente do BC

Campos Neto afirma que pode haver melhora no ano que vem

Queda de elevador deixa um homem ferido dentro de padaria em SC

Estado de saúde da vítima é estável; acidente aconteceu no bairro América