Esporte

Atleta do Mampituba/FME Criciúma disputará Jogos Escolares Mundiais

A mesatenista Maria Eduarda Magagnin conquistou a vaga para a etapa mundial do Gymnasiade que ocorrerá na França

Divulgação

A mesatenista Maria Eduarda Magagnin da S.R. Mampituba/FME Criciúma irá disputar a etapa mundial dos Jogos Escolares Mundiais, o Gymnasiade, na França. Ela conquistou a vaga na etapa brasileira da competição disputada em Aracaju, no Ceará, e que se encerrou nesta quinta-feira (17).

Maria conquistou a terceira posição, após perder na semifinal, e garantiu a vaga para a etapa mundial em maio na França. “Quero agradecer aos meus técnicos, em especial, desse campeonato e toda a galera que fez equipe comigo”, agradeceu a atleta nas redes sociais.

Além de Maria, Gabriel de Oliveira Antunes representou a equipe do Mampituba/FME Criciúma na etapa nacional do Gymnasiade. Como é uma competição estudantil, os atletas competem pelas escolas em que estudam.

“Estamos muito felizes pelo desempenho dos nossos atletas nesta grande competição estudantil. O Gabriel é um atleta paralímpico que disputou essa competição olímpica de igual para igual e foi muito bem. E a conquista da Maria vem premiar a dedicação e todo o esforço dela nos treinamentos. Ficamos muito felizes com esse resultado”, destaca o técnico da equipe, Alexandre Ghizi.

A Fundação Municipal de Esportes (FME) de Criciúma é parceira da equipe de rendimento de tênis de mesa do Mampituba, que é integrante do projeto de formação de atletas que o clube mantém por meio de convênio, através de editais, com o Comitê Brasileiro de Clubes (CBC).

Notícias Relacionadas

Onda de frio intenso com temperaturas perto de 0ºC seguirá em SC durante o fim de semana

Apesar de a massa de ar frio intenso permanecer sobre o Estado, sensação térmica deve ser mais agradável nos próximos dias

Homem saca arma e tenta matar namorado de ex durante acerto de contas em SC

O rapaz de 25 anos foi atingido na perna esquerda e encaminhado ao hospital

Homem que roubou e matou idoso após ganhar carona recebe pena de 20 anos por latrocínio

O homem de 29 anos foi condenado por latrocínio a pena de 20 anos de reclusão, em regime inicial fechado

Rio fica vermelho em Criciúma após acidente em empresa química

Segundo a Diretoria Municipal de Meio Ambiente, o lançamento do material já foi contido