Geral

Aulas de italiano promovem resgate cultural

As aulas de italiano estão na grade de rede municipal de ensino

Divulgação

Quem mora em Nova Veneza sabe que preservar a história é muito importante. Isso passa pelos prédios históricos, pontos turísticos e também nas escolas. A rede municipal de ensino conta, em sua grade curricular, aulas de italiano. Todos os alunos do primeiro ao nono ano do ensino fundamental tem acesso ao idioma e cultura do país de onde saíram muitos imigrantes que fundaram a cidade.

Para a professora Edilene Ferreira, que leciona na Escola Bairro Bortolotto, as aulas promovem um resgate cultural. “Acredito que seja um resgate cultural muito importante. Buscamos trabalhar de uma forma lúdica para que os alunos se interessem pela disciplina e levem esses conhecimentos adiante. É uma forma de preservarmos a nossa história”, comenta a professora.

A educadora conta que é muito gratificante poder passar para os alunos um pouco da história de todos aqueles que vieram da Itália para o Brasil. “Eu fico muito feliz em poder compartilhar com eles esse idioma que é tão bonito. E além disso, eles acabam tendo uma aula de cultura e história”, disse Edilene

O aluno Eduardo Ghislandi Gava, que cursa o sétimo ano, conta que as aulas ajudam ele fora da escola, quando está tirando músicas para tocar na gaita. “Eu toco gaita e quando vou pesquisar alguma música, facilita o entendimento das letras”, conta o estudante.

A coordenadora pedagógica da Secretaria de Educação, Soraia Bortolotto, explica que o foco é levar conhecimento tanto sobre o idioma quanto sobre a cultura. “Isso fortalece e amplia o conhecimento e a vivência cultural dos alunos, que além do idioma, estabelecem seus conceitos sobre a história da cidade, fortalecendo estes laços pelos símbolos que existem aqui em Nova Veneza”, enfatiza.

Notícias Relacionadas

Traficantes são presos em Braço do Norte

Foram apreendidas sete embalagens de cocaína prontas para a venda, 12.4 gramas de maconha e um R$ 6.500,00.

Domingo (11) com sol na maior parte do dia em SC

Temperatura alta, declinando no final do dia.

Mulheres vítimas de violência doméstica poderão ter cota de vagas de emprego em SC

A iniciativa determina que agências de emprego públicas e privadas devem reservar, no mínimo, 5% do total de vagas de trabalho existentes no cadastro para vítimas de violência doméstica ou familiar.

Novo presidente do TRE-SC toma posse na próxima sexta-feira (16)

Na mesma ocasião, o desembargador Leopoldo Augusto Brüggemann tomará posse como vice-presidente e corregedor regional eleitoral.