Geral

Aulas de robótica incentivam o empreendedorismo e a inovação em Criciúma

Estudantes do 9º ano das escolas municipais de Criciúma participam de aulas de robótica uma vez na semana.

Divulgação

Pensando no futuro dos alunos dos 9ºs anos da rede municipal de ensino e no mercado de trabalho, o Governo de Criciúma proporciona aulas de robótica a quase 900 estudantes. Como o foco do curso é no empreendedorismo e na inovação, as aulas são dinâmicas e lúdicas para que os alunos façam conexões com várias áreas do conhecimento.

Desde a primeira aula, o empreendedorismo é uma das principais ferramentas. De acordo com o professor técnico, Marcelo Marcos Amoroso, os alunos que definiram o uso ou não do uniforme, os horários e as regras durante as aulas para entender o que é governar. “Queríamos que os alunos tivessem a oportunidade de dar a continuidade no trabalho. Quando eles saírem daqui tem a oportunidade de evoluírem e na hora de acharem um emprego na área de programação ter uma continuação. O curso proporciona a chance de ter um emprego melhor em uma área técnica”, explica o professor técnico.

Os alunos da Escola Municipal de Educação Infantil e de Ensino Fundamental (EMEIEF) Pascoal Meller estão desenvolvendo três projetos, um braço mecânico e dois jogos que serão deixados para os estudantes usarem na sala de aula. O aluno do 9º ano, Arthur da Silva Batista, é um dos participantes que está desenvolvendo o projeto. Ele conta que o interesse pela programação veio antes do curso, e a capacitação foi um meio de aumentar essa paixão. “Eu acho muito interessante, esse estilo de programação em geral, tudo aqui é divertido. Eu quero continuar também na faculdade na área de programação”, comenta o estudante.

Conforme o coordenador pedagógico, Angelo Machado Bortolon, o trabalho com novas tecnologias tem seus desafios e também proporciona aos estudantes um trabalho interdisciplinar. “Uma educação mais interativa contribuirá com o desenvolvimento de habilidades e competências para o cidadão do futuro, capaz de encontrar soluções criativas para os desafios da vida”, enfatiza.

Os alunos tem aulas de robótica, fundamentos da impressão 3D, empreendedorismo, inovação, resolutividade: resolução de problemas, pensamento crítico e criatividade, liderança e gestão de pessoas: trabalho em equipe, inteligência emocional e relacionamento interpessoal, seminário de socialização e computação básica e conceitos de programação. “Esta parceria é uma conquista muito grande. Nossos alunos tem uma experiência que podem mudar a trajetória deles como profissionais, proporcionando que os estudantes tenham um autoconhecimento e desenvolvam suas habilidades”, ressalta a secretária municipal de Educação, Roseli de Lucca.

Parceria

Intitulado Inovação Robótica, as aulas são uma parceria entre o Serviço Social da Indústria (Sesi)/Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Instituto Federal de Santa Carina (IFSC), Associação Beneficente da Indústria Carbonífera de Santa Catarina (Satc) e o Instituto Maximiliano Gaidzinski. O município foi dividido em quatro polos e cada região é atendida por uma entidade de ensino.

Feira

No próximo mês, os alunos de todos os núcleos irão expor os projetos desenvolvidos durante as aulas de robótica para os pais, estudantes e autoridades.

Colaboração: Comunicação DECOM

Notícias Relacionadas

Grupo RB recepciona clientes durante evento em comemoração ao 5º aniversário

ACIO: Curso Redes Sociais na Prática será realizado na próxima semana em Orleans

O curso apresentará atividades práticas de estratégias para redes sociais, visando impulsionar os resultados para as empresas.

Expomais: evento reúne palestras, debates e atividades simultâneas em 40 horas de programação

Grandes nomes ligados ao marketing, administração, inovação e sinergia estarão em Criciúma nos dias 17 e 18 de outubro

Com turmas confirmadas, IPG Esucri inicia aulas de quatro cursos de pós-graduação nesta sexta-feira (10)

As matrículas ainda estão abertas