Geral

Aulas no Colégio Satc iniciam dia 8 de fevereiro

Medidas foram adotadas para receber alunos de forma presencial, mas pais poderão optar por filhos continuarem com ensino remoto

Divulgação

As aulas do primeiro trimestre de 2021 do ensino infantil ao ensino técnico no Colégio Satc iniciam no dia 8 de fevereiro. O colégio adotou medidas de segurança para receber todos os alunos de forma presencial com segurança, mas pais poderão optar pelo ensino remoto, caso ainda não se sintam confortáveis em mandar os filhos para a instituição. Para turmas que ultrapassem a quantidade máxima de alunos permitidos por sala, será realizado um revezamento semanal.

O cronograma de volta às aulas foi anunciado em live, que pode ser acessada no canal do Youtube da Satc. Participaram do do bate papo, que foi conduzido pela jornalista Marli Vitali, a coordenadora geral do Colégio Satc, Izes Beloli, a coordenadora de educação infantil e da unidade de Turvo, Mafalda Izidoro, a coordenadora de ensino dos anos iniciais, Sandra Marcon, e a coordenadora do ensino fundamental nos anos finais, ensino médio e cursos técnico, Adriana Just.

O retorno: Neste ano, as aulas no Colégio Satc iniciam mais cedo, pois os professores retomarão alguns conteúdos do ano passado que são base para o ano de 2021. “Sabemos que alguns alunos tiveram mais dificuldade durante o ano letivo de 2020 e não queremos que eles sejam prejudicados”, ressalta a coordenadora do colégio.

Além disso, em março será lançado o Projeto Simplifica, que vai servir de apoio nessa retomada para que alunos possam tirar dúvidas e ampliar o conhecimento. Serão realizadas monitorias para atender as necessidades de cada estudante e acolher os alunos novos.

Aulas presenciais e remotas: O colégio está preparado para receber os alunos de forma presencial, mas as famílias poderão optar por aulas remotas. No dia 25 de janeiro será lançada uma pesquisa para que os pais respondam como preferem que seja o retorno dos filhos. O questionário será disponibilizado no portal do aluno, e-mail e grupos de WhatsApp. Quem optar pelo presencial, deverá ir para o colégio todos os dias, com exceção dos casos em que haja o escalonamento.

Ensino infantil: Todas as crianças do ensino infantil poderão retornar às aulas presenciais. O colégio tem capacidade para receber 100% dos alunos. Para os pais que não se sintam seguros em encaminhar as crianças para a escola, serão oferecidas atividades de forma online.

Ensino fundamental (anos iniciais): Todos os alunos dos anos iniciais do ensino fundamental poderão participar das aulas de forma presencial, sem a necessidade de um revezamento. As aulas voltarão a acontecer em período normal, das 13h15min às 17h30min, tanto presencial quanto de forma remota.

Ensino fundamental (anos finais), ensino médio e cursos técnicos: A divisão das turmas por sala vai acontecer conforme a quantidade de alunos que optarem pelo ensino presencial. Caso o número ultrapasse a capacidade permitida para respeitar o distanciamento de 1,5 metro, será realizado um escalamento semanal dos alunos. No escalamento, a turma é dividida e a cada semana um grupo participa das aulas de forma presencial. Os outros grupos, neste período, participam de forma remota. Nos dois casos, as aulas ocorrerão das 07h30min até as 11h40min e à tarde, nos cursos técnicos, das 13h15min até as 17h30min. O aluno poderá optar por fazer o ensino médio de forma remota e o técnico de forma presencial, ou vice-versa.

Unidade de Turvo: Todos os alunos do 1º ao 5º ano poderão ir para o colégio de forma presencial. Já alunos do 6º ano ao terceirão participarão de revezamento semanal, conforme a quantidade de alunos de cada turma.

Provas e avaliações: Todas as provas e avaliações continuarão sendo realizadas de forma remota, mas professores também desenvolverão atividades avaliativas para quem está presencial. Todas as provas acontecerão em um horário após as aulas, que serão agendados previamente.

Materiais escolares: Os alunos novos deverão adquirir todos os itens da lista de material escolar. Aqueles que já são alunos, não precisarão comprar todos da lista, pois alguns já comprados não foram utilizados no ano passado. As listas de algumas turmas também foram revistas e enxugadas, de acordo com aquilo que já tem no colégio. A Satc tem registrado o que cada aluno já levou no ano passado e não foi utilizado para que o pai não precise comprar duas vezes.

Retorno com segurança: O retorno das aulas será realizado com base nas determinações do Plano de Contingência, que foi aprovado junto aos órgãos de segurança e vigilância sanitária. O colégio já está preparado para receber alunos desde julho do ano passado. “No final de 2020, já testamos o plano com alguns alunos que optaram por voltar de forma presencial e deu muito certo”, destaca Adriana Just.

Dentro do plano de contingência, foi definida toda uma organização para não ter aglomeração na entrada e saída dos alunos, escalonamento do atendimento das cantinas nos horários de intervalos, além da implantação de tapetes higienizadores, medição de temperatura e uso obrigatório de máscaras, inclusive para crianças a partir dos 4 anos de idade. O acesso ao colégio continua sendo feito pelas duas entradas principais.

Aulas na UniSatc: No dia 1º de fevereiro será realizada outra live no canal do Youtube da Satc para esclarecer dúvidas referentes ao retorno das aulas dos cursos de graduação da UniSatc.

Notícias Relacionadas

Grave acidente na BR-282 deixa uma pessoa morta e outra ferida em SC

Segundo a PRF, até o momento da publicação desta matéria, o trânsito fluía lentamente nos dois sentidos da rodovia

Greve de caminhoneiros tem apoio de 48% da categoria em SC

Santa Catarina é um dos Estados que mais apresenta "resistência" à greve, aponta pesquisa que ouviu mais de 2 mil caminhoneiros em todo o Brasil

São Ludgero antecipa para amanhã (26) a segunda dose da vacina contra Covid-19

A Sala de Vacinas funciona na ESF Margem Esquerda das 7 às 16 horas sem fechar ao meio-dia

Epagri amplia monitoramento do vento junto ao Porto de Imbituba

Ele explicou que a estação anemométrica foi instalada, a pedido do Porto, numa posição estratégica junto ao cais