Geral

Aumento no preço da gasolina em Criciúma pode ser indício de cartel

Procon está investigando notas fiscais dos últimos dias para conferir a situação.

Foto: Divulgação

O preço da gasolina tem aumentado nos últimos dias em Criciúma. Na última semana postos chegaram a vender o combustível por R$ 3,48, reduzindo 22 centavos em relação ao ranking divulgado anteriormente. Na atual semana o preço voltou a subir, em praticamente todos os postos de combustíveis. O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) está realizando um novo levantamento para abordar a questão.

“Nós colocamos os nossos fiscais ontem para fazer o ranking novamente e verificar o porquê desse aumento. Demos 24 horas para eles mostrarem as três últimas notas fiscais, para verificarmos se houve o aumento da distribuidora com os postos”, afirmou o coordenador do Procon, Gustavo Colle. “Estamos colhendo essas informações junto aos postos que tiveram os maiores aumentos”, emendou durante entrevista à Rádio Som Maior e ao Portal 4 Oito.

De acordo com o coordenador do Procon, Criciúma tinha a gasolina mais barata de Santa Catarina, disse ainda que essa elevação não está ligada a aumentos da Petrobrás para as distribuidoras. “Quando é redução de preços e ficam praticamente no mesmo valor, não caracteriza cartel. Essa situação onde todos aumentaram no mesmo tempo é um indicio, tudo indica, mas não quer dizer que seja”, afirmou.

Notícias Relacionadas

Secretaria de Saúde de Criciúma reforça chamado de gestantes, puérperas e crianças para vacinação contra influenza

Agentes Comunitários de Saúde visitarão as residências para monitoramento e intensificação de informações por causa da baixa adesão à campanha nacional

Rever: aplicativo que contribui para a coleta seletiva já tem grande demanda de usuários em Criciúma

Plataforma digital auxilia nas denúncias de irregularidades e solicitações para coletas

Polícia Civil apresenta dados positivos na repressão de roubos em Criciúma com prisões realizadas e criminosos identificados

Comparado com 2018, os dados indicam redução de roubos com uso de arma de fogo, roubos em residência e roubos com mais de três autores, com estabilização da quantidade de roubos gerais.

Procon autua posto de combustíveis por preço abusivo em Criciúma

Operação irá fiscalizar 40 estabelecimentos do município, três já foram autuados.