Saúde

Sancionada Lei que institui a Semana Municipal do Autismo e garante direitos em Braço do Norte

A Semana Municipal de Conscientização do Autismo será comemorada, anualmente, na primeira semana do mês de abril.

Divulgação

Braço do Norte deu mais um passo para o enfrentamento e a conscientização do autismo. O prefeito, Beto Kuerten Marcelino, sancionou nesta segunda-feira (30), a Lei que institui no calendário oficial do município a Semana Municipal de Conscientização do Autismo. Além disso, a Lei, de autoria do vereador Rafael Marcelino Borgert, também prevê a orientação de estabelecimentos comerciais a inserirem nas placas de atendimento prioritário o símbolo mundial do autismo e institui a política municipal de atendimento aos direitos da pessoa com transtorno do espectro autista.

Ao sancionar a Lei, Beto recebeu em seu gabinete o autor, vereador Rafael, mães que fazem parte do grupo Era uma vez autismo e o vereador Ricardo Medeiros. “Não queremos que seja apenas mais uma lei, mas que seja uma lei ativa, uma lei que dê resultados, de crescimento, de respeitos, de regras, conhecimento e capacitação, que ela realmente venha para mudar a vida dessas famílias”, comentou.

Divulgação

Para as mães, a Lei, concebida pelo vereador Rafael, aprovada por unanimidade pelos vereadores e sancionada pelo prefeito é uma grande vitória. “O autismo está presente há muitos anos e nós estamos lutando, buscando qualidade de vida, então a partir da hora que fomos abraçadas e as pessoas estão entendendo a necessidade, para nós é muito importante. Esta lei abriu um espaço, deu um olhar diferente e garantiu direitos”, finalizou Joice Souza.

A Semana Municipal de Conscientização do Autismo será comemorada, anualmente, na primeira semana do mês de abril.

Divulgação

Notícias Relacionadas

Idoso capota carro sobre a Ponte Anita Garibaldi, em Laguna

Motorista de aproximadamente 80 anos estava sozinho quando perdeu o controle do veículo com placas de Braço do Norte.

Interessados em oferecer serviços de transportes com plataformas digitais têm 30 dias para se regularizar em Braço do Norte

Após 30 dias, aqueles que estiverem exercendo o transporte remunerado de passageiros e não estiverem regularizados estarão sujeitos às medidas estabelecidas na Lei Complementar 487/2019.

Prefeitura de Braço do Norte lança Ô de casa!, projeto que aproximará a população da administração municipal

Ao todo serão 10 encontros, que contemplará todos os bairros e comunidades braçonortenses.

Presos traficantes que vendiam drogas em frente à casa de investigador em Braço do Norte

A prisão teve participação da Polícia Civil e Polícia Militar