Poder Executivo

Avaliação de propostas definirá futuro do saneamento e abastecimento de água em Imbituba

Uma série de reuniões, avaliações de propostas e audiência pública, definirá qual o melhor caminho a ser tomado para resolver, de vez, a situação da rede de saneamento e abastecimento de água em Imbituba.

O prefeito Rosenvaldo Júnior esteve, na tarde dessa quarta-feira (8), reunido com o presidente da Casan, Valter Galina. Na ocasião, apresentou uma nova proposta.

“A grande questão a ser definida é de que forma iremos gerenciar esse projeto: se com uma licitação de concessão, com a criação do Samae [Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto] ou se com o retorno da Casan. Para isso, estamos aprofundando estudos para discutir, inclusive junto com a população através de uma audiência pública, qual o melhor caminho a ser seguido para que possamos definitivamente resolver esta questão em Imbituba a longo prazo”, explicou o prefeito Rosenvaldo Junior.

Segundo o Prefeito, uma proposta definitiva deve ser enviada nos próximos dias mas, segundo ele, Galina garantiu um investimento inicial de R$ 30 milhões nos primeiros 18 meses.

Rosenvaldo Júnior foi acompanhado dos vereadores Renato Figueiredo, Humberto dos Santos, Elísio Sgrott e Eduardo Faustina, além do Procurador do Município, Gustavo Benetti, e do presidente da OAB, Orlando Pacheco Júnior.

Preocupação

Desde que assumiu o Executivo, Rosenvaldo Júnior vem se dedicando em resolver uma das questões mais antigas e preocupantes do município. Para isso, deu o pontapé inicial no levantamento de todos os dados referentes ao abastecimento de água, tratamento de esgoto e coleta de lixo. “Temos uma grande preocupação nesta área, tanto que estamos criando a Superintendência de Saneamento para cuidar exclusivamente destes assuntos”, ressalta.

Investimento

As equipes têm trabalhado com rapidez na solução de problemas antigos, que irão melhorar em curto prazo o abastecimento na rede de água de Vila Nova, e região Sul. Em Nova Brasília, o projeto de melhoria na rede já está sendo providenciado para que não falte mais água na região oeste do município. No próximo mês, a Prefeitura dará início a um programa municipal que irá identificar ligações irregulares na rede de esgoto.

Colaboração: Comunicação PMI

Notícias Relacionadas

Estado anuncia R$ 8 milhões para recuperação de ruas de Criciúma que passam por obras da Casan

Em Criciúma o sistema de saneamento básico está sendo ampliado no Bairro São Luiz.

ALERTA: Período de seca pode comprometer consumo de água em Lauro Müller

A represa localizada em Rio Bonito, a qual abastece os setores de abrangência da companhia em Lauro Müller, está quase seca.

Comissão é criada para apurar possíveis descumprimentos contratuais da Casan em Braço do Norte

Na prática a comissão terá como atribuição acompanhar, relatar e emitir parecer quanto a auditoria que deverá ser realizada por uma empresa ou profissional especializado que será contratado para analisar o contrato.

“Lutar contra o aquecimento global começa pela água tratada e pelo saneamento”, diz jornalista Sônia Bridi em palestra