Geral

Avaliações do Ideb ocorrem em 48 escolas municipais de Criciúma

Alunos dos 5ºs e 9ºs realizam a avaliação entre a próxima segunda-feira (8) e 10 de dezembro

Divulgação

Mais de 3,4 mil estudantes, dos 5ºs e 9ºs anos, de 48 unidades municipais realizarão as avaliações do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) a partir da próxima segunda-feira (8). As provas são nos componentes de Matemática e Língua Portuguesa e têm como objetivo mostrar a qualidade da Educação nos municípios, estados e no país. As avaliações seguem até o dia 10 de dezembro.

O secretário municipal de Educação, Miri Dagostim, reforça que os alunos devem comparecer nos dias de aplicação das provas, pois é a partir do Ideb que é pensado sobre as políticas públicas da Educação. “É muito importante que os pais levem os alunos para realizarem a prova, pois é com os indicadores que podemos planejar a nossa educação para os próximos anos”, acrescentou o secretário.

De acordo com a coordenadora pedagógica, Micheli da Costa Bez Birolo, as escolas precisam ter a presença de 80% dos alunos. “Precisamos que todos se mobilizem para realizar a prova. A participação de cada aluno é muito importante, pois precisamos da presença de todos para conseguirmos que os resultados das escolas sejam divulgados”, explicou. O Ideb, além de avaliar o desempenho escolar, também tem indicadores de aprovação, reprovações, distorções de idade e série, abandono e evasões das unidades escolares.

Notícias Relacionadas

Natal Show da Educação em Braço do Norte é cancelado

A medida se faz necessária para cumprir as Portarias n. 1303/2021 e n. 1305/2021, ambas da Secretaria de Estado da Saúde

Satc lança curso de elétrica para funcionários de cooperativas

Curso, que terá seu início em março de 2022 é destinado a técnicos, engenheiros ou pessoas que interagem em manutenção e construção de redes de energia elétrica

PP de Lauro Müller promoverá Convenção Municipal nesta quinta-feira

O evento ocorrerá a partir das 19h30min, no Balneário Godinho, e contará com a presença de lideranças estaduais.

Cidades de SC alteram programação de Réveillon após portaria com novas regras para eventos

Protocolo do governo proíbe eventos com mais de 500 pessoas e que provoquem aglomerações