Segurança

Avô acusado de praticar atos libidinosos contra a própria neta é preso em Armazém

Foto: Divulgação

Na tarde dessa segunda-feira (16), investigadores da Polícia Civil de Armazém cumpriram um mandado de prisão temporária em desfavor de um homem de 53 anos. Ele é morador de Armazém.

Há um inquérito policial na delegacia local que investiga se o suspeito teria cometido atos libidinosos contra sua neta de apenas 7 anos.

O processo tramita sob segredo de justiça, para resguardar a identidade da criança. Em até 30 dias, o inquérito será concluído e enviado ao Fórum da Comarca de Armazém.

O homem foi encaminhado ao Presídio Masculino de Tubarão, onde deve ficar em uma área apelidada de Seguro, pois este tipo de crime é repudiado pela classe carcerária. O inquérito está sob responsabilidade do delegado José David Machado.

Com informações do Portal Notisul

Notícias Relacionadas

Polícia Civil cumpre mandados contra suspeitos de latrocínio em Sombrio

DIC de Criciúma apreende 1,5 kg de maconha e munição de calibre restrito

Revólver, munições e droga são encontrados durante blitz realizada pela PMRv de Içara

Ciclista morre após ser atropelado na SC-285, em Araranguá