Giro Estadual

Baleia-jubarte é encontrada morta em praia de SC

Esta foi a primeira ocorrência registrada em 2021. Desde 2015, pelo menos 11 encalhes foram atendidos pelo Projeto de Monitoramento de Praias na região Norte de SC

Divulgação

Uma jovem baleia-jubarte foi encontrada morta em Itapoá, no Litoral Norte catarinense, na tarde do último domingo (6). O animal media cerca de sete metros de comprimento e estava em avançado estado de decomposição, segundo a equipe do Projeto de Monitoramento de Praias (PMP).

A baleia, cujo nome científico é Megaptera novaeangliae, era uma fêmea jovem e estava encalhada à deriva na região praiana.

Em razão das condições climáticas, foi necessário aguardar o recuo da maré para primeira avaliação do animal. Em paralelo, foi realizado o isolamento da área e conversa com a comunidade presente.

O animal precisou ser ancorado para impedir sua deriva durante o período noturno. Na manhã desta segunda-feira (7), a equipe envolvida na operação de necropsia se deslocou ao município para realização do procedimento. As causas da morte ainda estão sendo investigadas.

Desde 2015, início do Projeto de Monitoramento de Praias (PMP-BS) foram registrados 11 encalhes desta espécie na região norte de Santa Catarina, trecho monitorado pela Univille, sendo este o primeiro caso da temporada 2021.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Pesquisa aponta aumento de casos de covid em 1.217 cidades esta semana

O número corresponde a 33,9% das 3.591 prefeituras ouvidas

Governo de SC vai prorrogar estado de calamidade pública até 30 de setembro

Com a medida, o Estado fica desobrigado de cumprir algumas metas fiscais, o que facilita o combate ao vírus

Santa Catarina avança na certificação de propriedades livres de brucelose e tuberculose

A intenção da Secretaria da Agricultura é ampliar o número de certificações, para que esse seja mais um diferencial competitivo do agronegócio catarinense

Governo do Estado abre licitação para elaboração de estudo para criação de rodovia alternativa à BR-101 Norte

A empresa que for selecionada na licitação terá seis meses para executar um estudo identificando onde poderá passar essa nova rodovia