Giro Estadual

Baleia-jubarte é encontrada morta em praia de SC

Esta foi a primeira ocorrência registrada em 2021. Desde 2015, pelo menos 11 encalhes foram atendidos pelo Projeto de Monitoramento de Praias na região Norte de SC

Divulgação

Uma jovem baleia-jubarte foi encontrada morta em Itapoá, no Litoral Norte catarinense, na tarde do último domingo (6). O animal media cerca de sete metros de comprimento e estava em avançado estado de decomposição, segundo a equipe do Projeto de Monitoramento de Praias (PMP).

A baleia, cujo nome científico é Megaptera novaeangliae, era uma fêmea jovem e estava encalhada à deriva na região praiana.

Em razão das condições climáticas, foi necessário aguardar o recuo da maré para primeira avaliação do animal. Em paralelo, foi realizado o isolamento da área e conversa com a comunidade presente.

O animal precisou ser ancorado para impedir sua deriva durante o período noturno. Na manhã desta segunda-feira (7), a equipe envolvida na operação de necropsia se deslocou ao município para realização do procedimento. As causas da morte ainda estão sendo investigadas.

Desde 2015, início do Projeto de Monitoramento de Praias (PMP-BS) foram registrados 11 encalhes desta espécie na região norte de Santa Catarina, trecho monitorado pela Univille, sendo este o primeiro caso da temporada 2021.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Fapesc investe R$ 1 milhão em novos estudos para produção de vinho e uva em SC

A produção de uvas e vinho abrange ainda uma área de cultivo de cerca de 6 mil hectares em diferentes regiões. Só de vinícolas, são 95 empresas registradas no Estado

Profissionais da Assistência Social passam por minicurso sobre abordagem antirracista em Criciúma

Palestra foi ministrada por três profissionais da área da Educação e Direito e ocorreu no Salão Ouro Negro

24 horas: Um sonho de 30 anos realizado em Cocal do Sul

A inauguração será neste domingo (26), às 18h, no dia do aniversário de 30 anos de Cocal do Sul

Edital Cultura Criciúma contemplará 30 projetos com R$ 133 mil

Inscrições podem ser feitas até o dia 22 de outubro. Objetivo é incentivar atividades culturais na cidade