Geral

Beto Kuerten contrata 120 mil litros de água para abastecer Braço do Norte e faz duras críticas à Casan

Prefeito pedirá a troca da gerência municipal e lamenta a falta de planejamento, de ação e de resposta à população após os transtornos causados pela chuva intensa.

Durante este domingo, 8, prefeito trabalhou intensamente a fim de garantir água para abastecer as comunidades mais altas da cidade – Foto: Reprodução

Um prefeito a serviço do seu povo. Não há dia, nem hora e nem desafio grande o suficiente para barrar Beto Kuerten Marcelino. Neste domingo de Dia das Mães, 8 de maio, ele abdicou de momentos com a família para encontrar soluções de abastecimento de água para a população de Braço do Norte.

Em suas redes sociais, fez duras críticas à gerência municipal da Casan pela falta de ação e de resposta após a chuva intensa que atingiu a região nesta semana, provocando estragos e transtornos. “Todos nós sabemos o que ocorreu essa semana e a compreensão da nossa população aconteceu. Porém, neste momento, a paciência já esgotou e por isso peço desculpas pelo vídeo, pois também acreditei no que me foi dito”, afirmou o prefeito ao compartilhar um vídeo [confira abaixo] gravado por ele na quinta-feira, dia 5, em visita à estação de captação de água da Casan.

Na sequência, pediu à Casan de Braço do Norte pontualidade nas informações e respeito com as pessoas. “É o mínimo. Uma empresa do seu tamanho precisa de um líder de verdade nesta gerência”, ressaltou. “De mentira eu não gosto. Quando há um problema, tem que dar a cara e resolver. A gente entende, a gente é educado. Porém, enrolar não. Aqui em Braço do Norte não. Uma comunicação responsável com quem está aguardando é o mínimo que podemos fazer”, reforçou.

A fim de garantir o abastecimento de água às comunidades mais altas de Braço do Norte, o prefeito contratou serviço terceirizado de caminhão-pipa, que abastecerá a cidade com 120 mil litros de água já às 7 horas desta segunda-feira, dia 9. “Nós entramos em contato e conseguimos caminhão-pipa para amanhã cedo abastecermos nossas creches e os pais poderem ir trabalhar”, declarou, informando que caminhões virão das cidades de Criciúma, Laguna e de Garopaba.

Além disso, adiantou que fará um pedido à presidência da Casan para a troca imediata da gerência municipal. “Tivemos que tomar esta iniciativa porque, como eu disse, aqui em Braço do Norte deve haver respeito. Fiquei sabendo também que o gerente está de férias. Mesmo com todo este transtorno, não tirou o cobertor das pernas para vir trabalhar e reorganizar a equipe. Seria mais fácil se aqui tivéssemos um líder. Este gerente aqui não fica mais”, garantiu o prefeito.

Por fim, enfatizou que sua prioridade sempre será defender os anseios da população braçonortense e lamentou a falta de planejamento por parte da Casan. “Conseguimos tudo isso em três horas de contato, de interesse, de respeito com as pessoas. É se colocar no lugar do outro e ter compromisso com a função pública que exerce, é assumir a responsabilidade, honrar a cueca que veste. Se tivesse havido uma estratégia anteriormente, o povo não teria sofrido tanto. E o recado está dado, este gerente aqui não fica mais”, concluiu.

“Se tivesse havido uma estratégia anteriormente, o povo não teria sofrido tanto”, argumentou Beto Kuerten – Foto: Reprodução

Notícias Relacionadas

Filho faz investigação paralela e usa até cachorra da família para achar mãe em SC

Carro da mulher foi encontrado em Guaratuba, mas família segue sem notícias dela desde o dia 6 de maio

Homem acorda para trabalhar e se assusta com visita inesperada em SC

Polícia Militar foi acionada para ir até a casa do homem em Campos Novos, no Meio-Oeste do Estado

Rodovia de Criciúma onde morreu empresário fica pronta em dez dias

Previsão de entrega da revitalização de um dos acessos de Criciúma teve o cronograma readaptado, mas agora está no novo prazo previsto

Mulher é atingida com tijolada na cabeça por marido bêbado em SC

Vítima foi parar no hospital e precisou de pontos cirúrgicos na cabeça. Agressor foi preso em flagrante