Geral

Bolsonaro diz que busca parceria internacional para gestão da Amazônia

Jair Bolsonaro disse que busca parcerias “no primeiro mundo” e, em especial com os Estados Unidos, para a exploração do território amazônico brasileiro.

Divulgação

Em resposta a questionamentos de países europeus sobre a gestão das riquezas naturais da Amazônia, o presidente Jair Bolsonaro disse hoje (27), durante cerimônia de formatura de paraquedistas no Rio de Janeiro, que busca parcerias “no primeiro mundo” e, em especial com os Estados Unidos, para a exploração do território amazônico brasileiro.

“O senhor presidente da França [Emmanuel Macron], a senhora Merkel [chanceler da Alemanha] queriam que eu voltasse para cá [depois da reunião do G20], demarcando mais 30 reservas indígenas, ampliando reservas ambientais. Isso é um crime. Só de reserva indígena já temos 14% tomados aqui no Brasil. Na Reserva Ianomâmi, são 9 mil índios e tem o dobro do estado do Rio de Janeiro. É justo isso? Terra riquíssima. Se junta com Raposa Serra do Sol é um absurdo o que temos de reservas minerais ali. Estou procurando o primeiro mundo para explorar essas áreas em parceria e agregando valor. Por isso, a minha aproximação com os Estados Unidos”, disse Bolsonaro.

Durante o discurso, na cerimônia de formatura, o presidente já havia abordado o assunto. “O Brasil é nosso. A Amazônia é nossa. A Presidência é do povo brasileiro. Povo esse ao qual devo lealdade absoluta”, disse, ao reafirmar que está cumprindo promessa feita durante a campanha eleitoral, de “colocar o Brasil no local destaque que ele merece. É declarar nossa verdadeira independência, e é lutar para o bem de todos”, finalizou.

Notícias Relacionadas

Legislativo aprova parceria entre ACIVA e Prefeitura para instalação de câmeras de monitoramento em Araranguá

Projeto aprovado por unanimidade no legislativo prevê a instalação de dez câmeras de monitoramento em Araranguá

Famcri em parceria com voluntários resgata 40 animais com indícios de maus tratos em Criciúma

Ação com apoio da Policia Militar, Polícia Civil e ONGs Protetoras de Animais recolheu 37 cachorros e três gatos em residência no bairro Progresso

Governo do Estado decreta estratégia regionalizada em parceria com os municípios de enfrentamento à pandemia

O governador Carlos Moisés assinou digitalmente nesta segunda-feira, 1º, um decreto que permitirá a regionalização das decisões para o enfrentamento à pandemia de Covid-19 a partir de 8 de junho.

Cão-bombeiro de SC morre em serviço durante busca por pessoa desaparecida em rio em Içara

Cachorro Barney pulou na água em Içara e não voltou mais à superfície. Em fevereiro, animal ajudou na procura por vítimas em Brumadinho (MG).