Geral

Braço do Norte complementa Plano de Proteção Animal

Além da castração e microchipagem, feitas desde 2017, também serão realizadas ações para estimular a posse responsável.

Foto: Divulgação

Mais uma ação está sendo implementada em Braço do Norte para completar o Programa de Proteção Animal, que já é desenvolvido gratuitamente pela Prefeitura através da Secretaria de Agricultura.

Além da castração e microchipagem, feitas desde 2017, também serão realizadas ações para estimular a posse responsável, incentivar a adoção de animais, estabelecer o destino final de cadáveres de animais e preservar a saúde da população.

A iniciativa foi realizada através de um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) assinado entre a Prefeitura, Fundação Municipal de Meio Ambiente (Funbama) e Ministério Público de Santa Catarina (MPSC).

Outra proposta é a organização no município, em parceria com voluntários, de feiras de adoção de animais, além da confecção de materiais para a orientação da população.

Para saber mais sobre o Programa de Proteção Animal de Braço do Norte basta procurar a Secretaria de Agricultura, que está localizada na Rua Professor Pedro Michels, 757, Nossa Senhora de Fátima (próximo ao Estádio Lauro Koch), ou pelo telefone (48) 3658-4104.

Colaboração: Comunicação Prefeitura de Braço do Norte

Notícias Relacionadas

Mais de 100 animais marinhos são encontrados mortos na orla entre Laguna e Imbituba

Em apenas um dia foram encontrados um lobo marinho, 104 pinguins e nove aves oceânicas.

Feagro 2018: contagem regressiva para o início da maior feira do agronegócio

Lançamento oficial aconteceu na noite de quinta-feira (26). Além do gado leiteiro, estrutura ampliada e piscicultura ganham destaque nesta edição.

Em Santa Catarina, não há registro oficial de morte de animais por inanição

Com os estoques de ração acabando, a partir de hoje, a demanda do setor do agronegócio é por milho e farelo de soja.

Delegacia virtual de proteção animal é lei em Santa Catarina

A polícia tem prazo de dez dias a partir do Boletim de Ocorrência para que a Secretaria de Segurança Pública indique uma delegacia para a investigação.