Saúde

Braço do Norte confirma primeiro caso de Coronavírus

Paciente deu entrada no Hospital Santa Teresinha na noite de quinta-feira (12)

Divulgação

O Hospital Santa Teresinha (HST), de Braço do Norte confirmou no início da tarde deste domingo (15), o primeiro caso de Coronavírus na cidade. O paciente deu entrada no hospital na quinta-feira (12) com sintomas gripais. O paciente coletou material para realizar os exames.

Os exames foram realizados pelo Laboratório Central do Estado de Santa Catarina (LACEN). Os resultados confirmaram a presença do vírus no paciente. Assim, o HST confirmou o primeiro caso de Coronavírus em Braço do Norte.

Em nota, o Hospital salientou que “conta com Plano de Contingência juntamente com a Vigilância Epidemiológica e equipe habilitada e treinada para o atendimento aos casos da COVID-19”.

A Prefeitura de Braço do Norte se manifestou e informou que o prefeito Beto Kuerten Marcelino convocou uma reunião com todo o secretariado nesta tarde de domingo (15). No encontro serão decididas as medidas que serão tomadas pelo município.

Confira as notas emitidas pelo Hospital Santa Teresinha e pela Prefeitura de Braço do Norte:

Divulgação/HST

 

Divulgação/Prefeitura de Braço do Norte

Notícias Relacionadas

Tribunal de Justiça catarinense confirma pena para empresário que vendeu pipoca com rato dentro em Criciúma

Uma das vítimas, após ingerir a pipoca, teve intoxicação alimentar aguda causada por alimento contaminado.

Idoso capota carro sobre a Ponte Anita Garibaldi, em Laguna

Motorista de aproximadamente 80 anos estava sozinho quando perdeu o controle do veículo com placas de Braço do Norte.

Coronavírus em SC: Governador planeja retomada gradativa da atividade econômica e projeta 713 novos leitos de UTI

O objetivo é adequar as medidas de isolamento à necessidade dos catarinenses com segurança.

Prefeito de Nova Veneza assina decreto de formação da Comissão de Acompanhamento, Controle, Prevenção e Monitoramento ao Coronavírus

Nova Veneza não tem casos confirmados da doença, apenas pessoas em isolamento domiciliar que já foram acompanhados, mas devem permanecer em quarentena pois chegaram de viagem.