Saúde

Braço do Norte já imunizou quase 45% das pessoas acima de 18 anos

Do total, 8.260 pessoas receberam a primeira dose e 11.337 receberam a primeira e segunda doses.

Vista da cidade de Braço do Norte

Foto: Divulgação

Braço do Norte já vacinou contra a Covid 43,60% das pessoas acima de 18 anos, sendo 8.260 com a primeira dose e 11.337 com a primeira e segunda doses. Os dados são desta segunda-feira, dia 7, levantados pelo setor de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde. A estimava do Ministério da Saúde é que o Município vacine 26.004 pessoas. Foram recebidas 12.989 doses de Coronavac e Astrazeneca.

Conforme o prefeito, Beto Kuerten Marcelino, o ótimo desempenho se deve à organização das equipes de trabalho da Secretaria de Saúde. “As vacinas chegam e são aplicadas, tudo com muita transparência e sem desperdício. Um grande trabalho em conjunto realizados pelas equipes da secretaria com as vacinadoras, enfermeiros, auxiliares, técnicos, serviços gerais, agentes comunitárias e, também, os comissionados da força-tarefa, que fazem o acolhimento.

O Município optou por realizar a vacinação de duas maneiras: drive-thru, quando há um público estimado muito grande, ou nos próprios ESFs que têm salas de vacinas. “Em alguns casos, como de idosos acamados, as vacinadoras foram até o local”, explicou o secretário de Saúde, Sergio Arent.

Vacina para 58 e 59 anos sem comorbidades

Neste momento o Município está vacinando as pessoas com 58 e 59 anos que não possuem comorbidades, além dos trabalhadores do transporte coletivo rodoviário de passageiros, motoristas de transporte rodoviário de carga (caminhoneiros) e trabalhadores da limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos. As vacinações ocorrem de acordo com os critérios estabelecidos em notas técnicas vinda da Secretaria de Estado de Saúde (SES), conforme os Planos Nacional e Estadual de Imunização.

Foto: ASCOM PMBN

Notícias Relacionadas

Amurel recomenda que municípios adotem nova quarentena por causa da Covid-19

Associação dos Municípios da Região de Laguna (Amurel) contempla 18 prefeituras. A situação da região é considerada gravíssima pelo governo de Santa Catarina em relação à doença.

Secretaria de Saúde de Criciúma reforça chamado de gestantes, puérperas e crianças para vacinação contra influenza

Agentes Comunitários de Saúde visitarão as residências para monitoramento e intensificação de informações por causa da baixa adesão à campanha nacional

Prefeito de Nova Veneza assina decreto de formação da Comissão de Acompanhamento, Controle, Prevenção e Monitoramento ao Coronavírus

Nova Veneza não tem casos confirmados da doença, apenas pessoas em isolamento domiciliar que já foram acompanhados, mas devem permanecer em quarentena pois chegaram de viagem.

Coronavírus em SC: Fapesc aprova cinco projetos de pesquisa e destina R$ 500 mil a estudos sobre Covid-19 no estado

O edital buscava estudos que apontassem soluções para o combate à epidemia e seus efeitos na sociedade e na economia.